Ambiente fortalecedor para as crianças que sofreram com o Bullying

Texto: Jonathan Cavalcante

Edição: Vinícius Martins

 

Crédito da foto: Pixabay

O relatório do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), divulgado em 2017, revelou uma triste realidade. De acordo com os dados, 17,5% dos alunos brasileiros, na faixa dos 15 anos, são alvos de algum tipo de bullying várias vezes ao mês.

Desde os anos 1990, a palavra vem sendo utilizada para descrever agressões, que podem ser físicas, emocionais ou psicológicas, praticadas por uma ou várias pessoas contra uma vítima que não possui condições ou ferramentas para se defender, causando dor, medo e sofrimento. Lamentavelmente, isso é bullying, e este mal precisa ser combatido. Em Goiás nos últimos tempos, dois episódios marcaram esse problema – um em Goiânia e outro em Alexânia.

De acordo com o secretário municipal de Educação de Anápolis, Alex Martins, a campanha de conscientização está produzindo transformações nas escolas e na vida dos alunos envolvidos. Na entrevista, ele também destaca que o papel da família é fundamental nesse processo.

Ouça a entrevista concedida ao Araguaia Online a seguir. A reportagem é do aluno Jonathan Cavalcante.