ESTUDANTES ABORDAM TEMÁTICAS ATUAIS COMO A BIOTECNOLOGIA DURANTE IX JORNADA CIENTÍFICA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Texto: Naddiny Barros

Edição: Vinícius Martins

 

Entre os dias 21 e 23 de maio, a Faculdade Araguaia realiza a IX Jornada de Iniciação Científica do curso de Ciências Biológicas, que promete abordar temáticas atuais, com o inter-relacionamento entre várias áreas da Biologia. O evento acontece na Unidade Bueno, a partir das 18h. A entrada é gratuita.

O tema desta edição da Jornada é “Biotecnologia: avanços e perspectivas no desenvolvimento tecnológico e social”.

Na segunda-feira (21), os alunos podem fazer suas inscrições nos minicursos e devem assinar a lista. O horário para a realização deste processo é das 18h às 19h. E a programação não para por aí. Já no segundo dia (22), acontecem os minicursos, das 18h30 às 22h.

Por fim, no terceiro dia (23), entre as 18h30 às 21h, os acadêmicos participam das Comunicações Orais – os projetos dos trabalhos de conclusão de curso e as apresentações científicas de pôsteres, além da exposição das produções de materiais pedagógicos.

Em entrevista ao Araguaia Online, a professora Rafaella Rodrigues, coordenadora do curso de Ciências Biológicas destaca que esta Jornada é o principal caminho para os alunos realizarem pesquisa e extensão.

Ela afirma que os trabalhos científicos apresentados contribuem para melhorar os currículos dos estudantes e deixar como experiência situações científicas, que os constituirão pesquisadores. “A expectativa é bastante positiva, visto que os alunos se envolveram na produção dos trabalhos. Além disso, receberemos para o evento importantes nomes da pesquisa regional relacionados à temática proposta”, acrescenta.

Professora Rafaella Rodrigues, coordenadora do curso de Ciências Biológicas

SERVIÇO

IX Jornada de Iniciação Científica do curso de Ciências Biológicas

Tema: Biotecnologia: avanços e perspectivas no desenvolvimento tecnológico e social

Quando: 21 a 23 de maio de 2018

Horário: 18h30 às 22h

Onde: Faculdade Araguaia – Unidade Bueno – Av. T-10 n° 1047 – Goiânia-GO

Evento Gratuito

Informações: Unidade Bueno – (62) 3923-5400

PROGRAMAÇÃO

21/05/18 (Segunda-feira)

18h às 19h – Inscrição nos minicursos e assinatura de lista
19h às 19h15 – Solenidade de abertura
19h15 às 19h30 – Apresentação cultural
19h30 às 21h30 – Mesa-redonda e debate
Perspectivas biotecnológicas das diferentes áreas: diálogo entre os saberes
– Prof.ª Dra. Angela Adamski da Silva Reis (UFG)
– Prof. Me. Lucas Carlos Gomes Pereira (UFG – HC)
– Prof. Esp. Laura Raniere Borges dos Anjos (UFG)
– Mediação: Prof.ª Dra. Jalsi Tacon Arruda (FARA)

22/05/18 (Terça-feira)

18h30 às 22h – Minicursos
– Minicurso 1 (Sala 321): Gestão de resíduos sólidos – Profª. Fernanda
Gratão Lemes
– Minicurso 2 (Sala 322): Ecologia e conservação de anfíbios e répteis do
Brasil – Dr. Vinícius Guerra Batista (Universidade Estadual de Maringá – UEM)
– Minicurso 3 (Sala 323): Biotecnologia e genética do melhoramento na
agroecologia – Profº. Eduardo José dos Santos (UFG)
– Oficina: Biotecnologia na produção de cosméticos artesanais – alunos
do primeiro período, sob supervisão da profª. Ma. Maria Cecília Vieira (FARA)

23/05/18 (Quarta-feira)

18h30 às 21h – Comunicações orais (projetos dos Trabalhos de Conclusão de
Curso)
19h às 20h – Apresentação científica de pôsteres e exposição das produções
de materiais pedagógicos.

VIII Jornada Científica de Engenharia Civil e Construção de Edifícios debate inclusão e combate ao preconceito na construção civil

Texto: Avelino Mateus

Edição: Vinícius Martins

 

A temática da VIII Jornada de Iniciação Científica dos cursos de Engenharia Civil e Tecnologia em Construção de Edifícios da Faculdade Araguaia, foge aos padrões técnicos nesta edição. Os debates serão voltados para inclusão e combate ao preconceito, diferentemente de anos anteriores, em que os temas falaram sobre energias alternativas, reaproveitamento e meio ambiente. O evento ocorre nos dias 17 e 18 de maio, na Unidade Bueno, localizada na Avenida T-10, próximo ao Parque Vaca Brava.

Para o coordenador dos cursos, Professor Juliano Geraldo Ribeiro Neto, o tema desta edição é uma oportunidade para os alunos pesquisarem sobre temas além das técnicas da profissão. “Para os alunos especificamente, o desenvolvimento do trabalho é uma oportunidade que eles têm para trabalhar com pesquisa, produzir e ler, porque na parte de Engenharia Civil, por exemplo, as disciplinas em si são mais técnicas, mais focadas na parte de formação profissional”, declara.

O professor Juliano avalia que houve crescimento no número de mulheres interessadas neste mercado. “Quando me formei, em 2005, na minha turma haviam duas mulheres. Hoje você chega em uma sala aqui, 40 a 50% dela tranquilamente é formada por mulheres. Então é algo que tem chamado atenção para essas questões dentro do curso”, acrescenta.

Além do tema principal, as apresentações foram divididas em subtemas, que estabelecem o que cada turma deve pesquisar para elaboração do material.

As turmas de 1° e 2° período ficam com o tema “Questões étnico-raciais na construção civil”. 3° e 4° períodos abordam “Questões de desempenho e acessibilidade em edificações”. Os alunos de 5° e 6° estão incumbidos de trabalhar “Influência indígena e africana na construção civil”. E por fim, os alunos de 7° e 8° período apresentam “Diversidade sexual e de gênero: o preconceito na construção civil”.

A organização do evento foi dividida em dois módulos: na quinta-feira (17), os alunos de 1° a 4° período apresentam seus trabalhos no ginásio da instituição. Já os alunos de 5° a 8° período apresentam seus trabalhos em sala de aula. Na sexta-feira (18), acontece uma sequência de oficinas e minicursos, com palestras para agregar na área técnica de engenharia.

SERVIÇO

VIII Jornada de Iniciação Científica dos Cursos de Engenharia Civil e Tecnologia em Construção de Edifícios

Quando: 17 a 18 de maio de 2018

Horário: 18h30 às 22h

Onde: Faculdade Araguaia – Unidade Bueno – Av. T-10 n° 1047 – Goiânia-GO

Evento Gratuito

Informações: Unidade Bueno – (62) 3923-5400

Faculdade Araguaia promove VIII Jornada Científica de Jornalismo e Publicidade e Propaganda

Texto: Raquel Fernandes

Edição: Vinícius Martins

 

Nos dias 14 e 15 de maio, a Faculdade Araguaia realiza a VIII Jornada de Iniciação Científica dos cursos de Comunicação Social – Jornalismo e Publicidade e Propaganda. O evento tem como grande objetivo o desenvolvimento de pesquisas e produções científicas nas áreas de formação.

No semestre 2018/1, a VIII JIC COM terá como eixo temático a Leitura Crítica da Mídia, direcionando seus estudos para as fake news e para o reposicionamento de marcas.

Como forma de exposição de projetos, os alunos deverão produzir resumos expandidos sobre o assunto escolhido, e apresentá-los em grupos de trabalhos (GT’s). Ao final do evento, os trabalhos serão reunidos em um portfólio para publicação no site da faculdade.

O evento é de grande importância para a construção do conhecimento dos alunos, como destaca a professora Viviane Maia, coordenadora dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda. “A jornada de iniciação científica é de grande relevância para a formação acadêmica. O evento coloca o aluno desde o primeiro período em contato com a pesquisa científica e a produção de texto acadêmico. Desta maneira, ao longo do curso o discente vai produzindo estudos que vão o preparando para a produção do trabalho de conclusão de curso, o temido TCC. Além disso, o aluno também tem a oportunidade de apresentar uma produção acadêmica para uma banca de professores e discutir criticamente com outros discentes e docentes sobre o trabalho em questão.”

Para a instituição, Viviane afirma que “o evento é importante porque agrega qualidade à formação dos discentes e consequentemente este repercute positivamente na imagem da faculdade pela qualidade do profissional formado por ela.”

Professora Viviane Maia, coordenadora dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda

Entenda o eixo temático

As fake news, ou notícias falsas, fazem parte da denominada imprensa marrom, a qual tem como principal característica o sensacionalismo que visa elevada audiência e vendagem por meio da divulgação exagerada de fatos e acontecimentos.

Neste caso, a distribuição deliberada de desinformação ou boatos nos meios de comunicação, tem a intenção de enganar o leitor a fim de persuadi-lo, criar uma percepção equivocada sobre determinado assunto, causar dano a alguém ou alterar um pensamento coletivo.

Em uma sociedade tão influenciada pela tecnologia e pelas mídias sociais, é papel dos comunicadores apurar todas as informações antes de publicá-las, para que as notícias falsas sejam desmontadas e que se denuncie o que elas carregam de manipulação e desprezo pela Inteligência.

O reposicionamento de marcas consiste em mudar a imagem que os consumidores têm de determinada empresa, criando uma nova identidade para a marca e se comunicando paralelamente à necessidade de quem a consume.

Para que um reposicionamento aconteça, é necessário que a empresa leve alguns aspectos importantes em consideração. O primeiro deles é que o consumidor não é o mesmo ao longo da vida. Ele passa por importantes processos de mudança que impactam o relacionamento com a empresa e sua marca.

É nesse momento que a empresa precisa se reposicionar frente às mudanças comportamentais do seu consumidor.
Outras mudanças a se considerar são nas estratégias dos concorrentes e até mesmo aqueles que estão entrando no mercado, além de crises e oportunidades que atingem o meio em que a empresa atua.

SERVIÇO

VIII JIC COM – Jornada de Iniciação Científica dos cursos de Comunicação Social – Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faculdade Araguaia

Tema: Leitura Crítica da Mídia – Fake News e Reposicionamento de Marcas

Quando: 14 e 15 de maio de 2018
Horário: 18h30 às 22h
Onde: Faculdade Araguaia – Unidade Bueno
Endereço: Av. T-10, nº 1047 – Setor Bueno – Goiânia-GO
Entrada gratuita

Modalidade de trabalho: Resumos Expandidos

Orientadores dos resumos:

– Prof. Frederico Carvalho
– Prof. Gildésio Bomfim
– Prof. José Antônio Cirino
– Profª. Juliana Junqueira
– Profª. Márcia Pimenta
– Profª. Roberta Barros
– Profª. Sandra Paro
– Profª. Viviane Maia

Grupos de Trabalho (GT’s):

– GT 1 – Ciberdemocracia
– GT 2 – Representação e Ideologia na Mídia
– GT 3 – Ética, Pós-Verdades e Manipulação no Discurso
– GT 4 – Análise Política da Mídia

Engenharia Ambiental da Faculdade Araguaia realiza IX Jornada de Iniciação Científica

Texto: Werônica Estevan

Edição: Vinícius Martins

 

A Coordenação do curso de Engenharia Ambiental da Faculdade Araguaia convida a todos para participarem de sua IX Jornada de Iniciação Científica, com o tema “O papel do Engenheiro Ambiental na Sociedade”. O evento conta com apresentações dos alunos, oficinas e minicursos ministrados pelos professores da Instituição. A jornada é gratuita, e acontece de 14 a 17 de abril, na unidade Bueno.

O curso de Engenharia Ambiental está presente na FARA, desde 2010. A Jornada Científica – que previamente era conhecida como Eixo Temático, é realizada há nove semestres. Os temas dos eventos anteriores estavam ligados a questões ambientais (lixo, poluição do ar, esgoto, inundações e outros). Pensando nisso, a direção do projeto resolveu inovar, e tratar sobre a gestão do Engenheiro Ambiental neste semestre.

O principal objetivo desta jornada é promover a divulgação do conhecimento científico e efetivar a troca de ideias entre professores e alunos. Em entrevista ao Araguaia Online, o Professor Doutor Fernando Ernesto Ucker, coordenador do curso há cinco anos, explica. “Neste semestre, iremos falar muito sobre carreira. Queremos divulgar também sobre o que faz um Engenheiro Ambiental, onde ele atua, com quais profissionais ele trabalha”. Os alunos terão a oportunidade de conhecer o vasto campo de atuação do Engenheiro Ambiental.

Coordenador do curso de Engenharia Ambiental, Professor Doutor Fernando Ernesto Ucker

ENGENHARIA AMBIENTAL
O PAPEL DO ENGENHEIRO AMBIENTAL NA SOCIEDADE

PROGRAMAÇÃO

14/05/2015 (Segunda-feira)

– 18h45h às 19h (Participação obrigatória de todos os discentes do curso)
Solenidade de Abertura

– 19h às 22h (Participação obrigatória de todos os discentes do curso)
19h
Eng. Ambiental Paulo Junior Santos de Oliveira
Analista Ambiental Da laticínios Bela Vista
Tema: Eng. Ambiental na Industria de laticínios

19h30
Eng. Ambiental Aline Candida da Silva Garcia
Esp. em Engenharia de segurança de trabalho
Tema: Educação ambiental e Gestão de Resíduos urbanos tarifados

20h
Eng. Ambiental Gisele Lemes Costa
Tema: Setor público e Saneamento

20h30
Bióloga Daniela de Souza e Silva
Proprietária da Ecovel (Empresa de licenciamento ambiental e recuperações de áreas degradadas)
Tema: O que o mercado espera do profissional Eng. Ambiental

15/05/2018 (Terça-feira)

– 19h às 21h30

– Apresentação de trabalhos do Curso de Engenharia Ambiental do 1º ao 6º períodos.
Local: Quadra Poliesportiva da Faculdade Araguaia – Unidade Bueno.

16/05/2018 (Quarta-feira)

– 18h30 às 22h (Participação obrigatória de todos os discentes do curso)

– Apresentação de trabalhos do Curso de Engenharia Ambiental para o 7º e 8º períodos.
Local: Auditório do bloco V – Unidade Bueno.

17/05/2018 (Quinta-feira)

– 18h30 às 22h

Oficinas:

– Excel
Responsável: Prof. Esp. Cleveland Lemos Freire
Local: Sala de Aula
Vagas: 30
Requisito: Trazer notebook com pacote office.

– Power Point
Responsável: Profa. Ma. Cristina de Fatima Matos Antunes
Local: Laboratório de Informática n. 02
Vagas: 15

– Calculadora Científica
Responsável: Prof. Dr. Michel de Paula Andraus
Local: Sala de aula 422
Vagas: 30

– Currículo Lattes
Responsável: Profa. Dra. Glaucia Machado Mesquita e Prof. Me. Mateus de Leles Lima
Local: Laboratório de Informática n. 01
Vagas: 30
Requisito: Trazer documentos pessoais e possíveis certificados.

– Segurança em Trabalho em Altura NR-35
Responsável: Esp. Carlos Augusto de Oliveira Machado
Local: Sala de aula 414
Vagas: 45

– Consultoria Ambiental
Responsável: Profa. Ma. Lullyane de Queiroz Rodrigues
Local: Sala de aula 424
Vagas: 60

– Normas ABNT
Responsável: Profa. Dra. Martha Nascimento Castro
Local: Sala de aula 412
Vagas: 45

IX Jornada Científica da Engenharia Agronômica debate carreira e negócios na agricultura

Texto e edição: Vinícius Martins

 

Com o propósito de promover a iniciação científica dos alunos e capacitá-los desde o primeiro período por meio da leitura, escrita e pesquisa científica, a Faculdade Araguaia realiza a IX edição da Jornada Científica do curso de Engenharia Agronômica. O evento acontece entre os dias 15 e 18 de maio, na unidade Bueno, nos horários matutino, de 8h às 12h, e noturno, de 18h30 às 22h. A entrada é gratuita.

O tema da Jornada neste ano é “Carreira & Negócios na Agricultura”. As perspectivas do agronegócio e empreendedorismo na agricultura familiar são questões centrais desta edição e complementam os estudos do curso, nos quais os acadêmicos da Engenharia Agronômica são estimulados a identificar problemas no campo, relativos ao agricultor e à profissão e trabalhar em possíveis soluções.

O principal papel da Jornada Científica, neste contexto, é o da inserção científica. É o que explica a coordenadora do curso, professora Ressiliane Ribeiro Prata Alonso, em entrevista ao Araguaia Online. “Desde o primeiro período na Jornada, o aluno já começa a escrever o resumo científico, a saber que a escrita científica é diferente e a ler artigos científicos, não só livros didáticos, mas em um outro patamar.”

A coordenadora também ressalta a participação dos estudantes veteranos. “Os alunos do terceiro, quarto e quinto período em diante participam fazendo um resumo expandido, que é um mini artigo científico. Isso também os auxilia na escrita e a tendência é que ele chegue na fase do TCC (trabalho de conclusão de curso) e no projeto de pesquisa, por volta do décimo período com noção da escrita e da pesquisa bibliográfica. Por isso, incentivamos essa busca desde o primeiro período”, destaca.

Profa. Dra. Ressiliane Ribeiro Prata Alonso, coordenadora do curso de Engenharia Agronômica

Apresentações

A programação para os períodos matutino e noturno vai ter início no auditório da instituição. A partir do segundo dia, os alunos apresentam os trabalhos em horários específicos na quadra esportiva. As oficinas acontecem na sexta-feira (18), último dia do evento. Nestas, os estudantes precisam se inscrever com antecedência naquelas com as quais possuem maior afinidade. As temáticas são variadas e possuem limite de inscrições.

Os trabalhos práticos dividem-se em maquetes e protótipos. Por meio deles, os acadêmicos vão abordar qual a importância da união de agricultores familiares para a formação de cooperativas, visando a melhoria dos seus negócios, dentro da temática deste ano, “Carreira & Negócios na Agricultura”.

A professora Ressiliane Ribeiro Prata Alonso admite ter boas expectativas para a IX edição da Jornada Científica da Engenharia Agronômica. “Temos falado há alguns semestres sobre Desenvolvimento Sustentável, um tema muito marcante para os alunos. Eu quis, junto ao nosso colegiado docente, trazer algo diferente para eles, trabalhar como funcionam os negócios na agronomia para o pequeno e para o grande produtor, quais as facilidades e os desafios que existem nesse meio. Nossas palestras são voltadas para o empreendedorismo na agricultura e no agronegócio”, diz.

Como qualquer mercado, a Engenharia Agronômica possui suas dificuldades. Entretanto, a coordenadora, apesar de realista, enxerga boas possibilidades. “Lógico que temos dois olhares, o dos benefícios e dos malefícios, mas acho que o evento dará uma abertura maior em termos de conhecimento para o aluno. Vamos falar sobre a carreira do agrônomo e gestão de carreiras. Por que é importante para o aluno, por exemplo, fazer um mestrado, uma especialização? Como deve ser a capacitação profissional e a qualificação? Queremos trazer para eles este olhar teórico e mais futurístico. Estamos olhando à frente, para o desenvolvimento profissional deles no campo. As perspectivas são ótimas”, finaliza.

SERVIÇO

IX Jornada de Iniciação Científica de Engenharia Agronômica da Faculdade Araguaia

Tema: Carreira & Negócios na Agricultura

Quando: 15 a 18 de maio de 2018
Horário: 8h às 12h para o turno matutino e 18h30 às 22h para o turno noturno
Onde: Faculdade Araguaia – Unidade Bueno
Endereço: Av. T-10, nº 1047 – Setor Bueno – Goiânia-GO
Entrada gratuita

CRONOGRAMA MATUTINO

Palestras (16/05/2018)

8h às 10 – Empreendedorismo na Agricultura Familiar – Giuliano de Freitas
10h às 12h – Negócios e Marketing Rural – Luiz Fernando de Araújo Júnior

Apresentação de trabalhos (17/05/2018)

8h às 10 – Apresentação de trabalhos das turmas de 1º e 2º período.
10h às 12h – Apresentação de trabalhos da turma de 3º período.

Oficinas (18/05/2018)

8h às 12h
Germinação e Emergência de sementes de soja – Deyner Damas Aguiar
Histoquímica em plantas medicinais – Divina Vilhalva

8h às 10h
Produção de substrato – Aline Assis Cardoso
Física básica – Rosane Castro

10h às 12h
Empreendedorismo – Antelmo Teixeira Alves

CRONOGRAMA NOTURNO:

Palestras (15/05/2018)

18h30 às 20h15 – Palestra institucional (CREA-GO) – Francisco Antônio Silva de Almeida
20h15 às 22h – Empreendedorismo na Agricultura Familiar – Giuliano de Freitas

Aula/Apresentação de trabalhos (16/05/2018)

18h30 às 20h15 – Aula
20h15 às 22h – Apresentação de trabalhos das turmas de 1º e 2º período.

Aula/Apresentação de trabalhos (17/05/2018)

18h30 às 20h15 – Aula
20h15 às 22h – Apresentação de trabalhos das turmas de 3º, 4º e 5º período.

Oficinas (18/05/2018)

18h30 às 20h15
– Uso e escrita do curriculum lattes – Glaucia Mesquita
– Incrustação de insetos – Aline Kamiya
– Produção de Sabão – Maria Cecília
– Técnicas de apresentação oral e trabalhos acadêmicos – Milton Gonçalves
– Física básica – Rosane Castro
– Integração lavoura-pecuária (ILP) – Arnaldo Bonfim (EMATER)
– Minicurso de calculadora científica Fx-82Ms – Michel Andraus
– Excel básico – André Luiz Silveira
– Germinação e Emergência de sementes de soja – Deyner Damas Aguiar

ACADÊMICOS DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO COMERCIAL REALIZAM JORNADA CIENTÍFICA FOCADA NO MERCADO DE TRABALHO

Texto: Marcos Ferreira

Edição: Vinícius Martins

 

Entre os dias 22 e 23 de maio, a Faculdade Araguaia promove a IX Jornada Científica do curso de Administração e V Jornada Científica do curso de Gestão Comercial. O evento é gratuito e acontece nas unidades Centro, Bueno e Passeio das Águas, das 8h30 às 11h, no período matutino e das 18h30 às 22h, no período noturno, com certificação de dez horas aula.

Com o tema “Empregabilidade e o mercado de trabalho”, os gestores do curso se preocupam com a preparação do acadêmico para sua futura inserção nos negócios. A programação conta com seminários e minicursos.

Por meio da iniciação científica, uma forma de produzir conhecimento estabelecendo respostas e hipóteses para problemas iniciais, os alunos dos cursos de Administração e Gestão Comercial trabalham com pôsteres, resumos expandidos, planos de negócio e pré-projeto do TCC (trabalho de conclusão de curso) para apresentação durante a IX e V Jornada Cientifica.

Visando a importância do trabalho acadêmico na formação para alunos que queiram seguir carreira na docência, o evento traz minicursos com temas atuais e que se aprofundam nas ramificações de competência, gestão, administrativo e empregabilidade.

Mas, atenção! As inscrições para os minicursos estão sendo feitas na coordenação do curso. Para você acadêmico que está se sentindo perdido com horários e afins da IX e V Jornada Científica, informações complementares estão disponíveis com professores e coordenadores de cada curso. Fique atento!

Professor Ronaldo Rosa Júnior, coordenador dos cursos de Administração e Gestão Comercial

SERVIÇO

IX Jornada Científica do curso de Administração e V Jornada Científica do curso de Gestão Comercial

Quando: 22 e 23 de maio de 2018

Horário: 8h30 às 11h para o turno matutino e 18h30 às 22h para o turno noturno.

Onde: Faculdade Araguaia – unidades Centro, Bueno e Passeio das Águas

Endereços:

– Unidade Centro – Rua 18, nº 81 – Setor Central – Goiânia-GO
– Unidade Bueno – Av. T-10, nº 1047 – Setor Bueno – Goiânia-GO
– Unidade Passeio das Águas – Av. Perimetral Norte, nº 8303 – Lot. Mansões Goianas – Goiânia-GO

Informações:

– Unidade Centro – (62) 3224-8829
– Unidade Bueno – (62) 3923-5400
– Unidade Passeio das Águas – (62) 3923-5480

Evento Gratuito

ACADÊMICOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DISCUTEM CONVERGÊNCIA DA CONTABILIDADE BRASILEIRA DURANTE VIII JORNADA CIENTÍFICA

Texto: Marcos Ferreira

Edição: Vinícius Martins

 

Entre os dias 14 e 16 de maio, a unidade Centro da Faculdade Araguaia recebe a VIII Jornada de Iniciação Cientifica do curso de Ciências Contábeis. Com o tema “Contabilidade, Estado e Sociedade: Teorias, normas internacionais e práticas”, o corpo discente tem como linha de discussão o momento de convergência que a contabilidade brasileira está inserida. Com palestras, minicursos e seminários, o evento é gratuito e ocorre durante o período noturno, das 18h30 às 22h, com certificação de dez horas aula.

Através da iniciação cientifica, uma forma de elaborar conhecimento estabelecendo argumentação e pressuposições para problemas iniciais, os alunos do curso de Ciências Contábeis trabalham com pôsteres, resumos expandidos, paper e pré-projeto do TCC (trabalho de conclusão de curso) para apresentação durante a VIII Jornada de Iniciação Cientifica.

Visando a importância do conhecimento das normas internacionais que estão se adequando a legislação brasileira, o evento agrega discussões sobre as leis CPC00, CPC26, CPC04, CPC01 e CPC46 durante as apresentações dos trabalhos, além de contar com minicursos que aprofundam nas questões de substituição tributária, eSocial, terceiro setor, Sped e palestra sobre Normas Internacionais com o contador Fabiano Rodrigues Mendes.

Mas, atenção! As inscrições para os minicursos estão sendo feitas na coordenação do curso. Para você acadêmico que está se sentindo perdido com horários e afins da VIII Jornada de Iniciação Cientifica, informações complementares estão disponíveis com professores e coordenadores do curso. Fique atento!

Durante o evento, o projeto social dos alunos de Ciências Contábeis “Novos Contadores – Doar faz bem”, vai arrecadar caixinhas de leite, fraldas geriátricas e revertê-las em doação à Associação de Combate ao Câncer (ACCG) – Araújo Jorge. Um gesto solidário dentro da unidade Centro da Faculdade Araguaia.

Professora Soraya Pedroso Coqueiro, coordenadora do Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Araguaia

SERVIÇO

VIII Jornada de Iniciação Cientifica do curso de Ciências Contábeis

Quando: 14 a 16 de maio de 2018.

Horário: 18h30 às 22h.

Onde: Faculdade Araguaia – Unidade Centro – Rua 18, nº 81 – Goiânia-GO

Evento Gratuito

Informações: Unidade Centro – (62) 3224-8829.

IX Jornada de Iniciação Científica de Pedagogia discute o processo de docência estadual

Texto: Diego Araújo

Edição: Vinícius Martins

 

Nos dias 16 e 17 de maio de 2018, acontece a IX Jornada de Iniciação Científica do curso de Pedagogia da Faculdade Araguaia. O evento será realizado na unidade Centro, das 18h às 22h.

O tema desta edição é “Ética na docência: formação profissional, compromisso social e cidadania”. No primeiro dia, o tema será abordado por meio de uma mesa-redonda que vai reunir professores e alunos da Faculdade, além de uma apresentação cultural, ofertada pelo grupo Ciranda da Arte, vinculado à Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (SEDUCE).

Já no segundo dia, haverá apresentações dos alunos por meio de textos dissertativos, resumos expandidos e ensaios curtos.

De acordo com a coordenadora e diretora pedagógica, professora Rita Del Bianco, a jornada nasceu de uma proposta que veio da Pedagogia. Por isso, é fundamental realçar a importância do curso, por formar professores e por suas demandas nascerem no contexto da educação. Del Bianco realça ainda que essa edição vai dialogar com os alunos, o processo da docência estadual e a necessidade do respeito à carreira e à profissão, pela perspectiva da ética. “A ética faz parte do processo de educação”, afirma.

Cultura, diversidade, inclusão e o papel dos professores estão entre os assuntos centrais de diálogo, sempre com a ética como plano de fundo. Para a coordenadora do curso de Pedagogia, jornadas e palestras também são aulas, mas diferenciadas. “O formato tradicional está caindo por terra”, analisa.

A jornada é um evento que ocorre simultaneamente na Faculdade. O curso de Pedagogia, que está disponível no período noturno e recentemente abriu turmas no período da manhã, traz um tema de grande relevância, escolhido pelo colegiado do curso por ser recorrente e atual.

A professora Rita Del Bianco, explica o compromisso do evento, que traz como debate os preceitos éticos: “A Jornada Científica é um evento interno e possui uma política institucional, que visa a formação de cientistas, já que os alunos produzem conhecimento e a partir do meio do curso, podem se apresentar em outras instituições, como UFG, UEG e PUC”, finaliza.

Professora Rita Del Bianco, coordenadora e diretora pedagógica da Faculdade Araguaia

SERVIÇO

IX Jornada de Iniciação Científica de Pedagogia da Faculdade Araguaia

Tema: Ética na docência: formação profissional, compromisso social e cidadania

Data: 16 e 17 de maio de 2018 – dia 16 no auditório da Faculdade, dia 17 nas salas de aula
Horário: 18h às 22h

Local: Unidade Centro – Rua 18, nº 81, Setor Central, Goiânia – GO

Evento Gratuito.

Mais informações: (62) 3224-8829

Jornada Científica de Educação Física da Faculdade Araguaia chega à 9ª edição com novidades

Texto: Jonathan Cavalcante

Edição: Vinícius Martins

 

Com uma programação diversificada e visando atrair maior número de estudantes, a IX Jornada de Iniciação Científica do curso de Educação Física da Faculdade Araguaia será realizada pela primeira vez em dois turnos – matutino e noturno. Palestras, oficinas e apresentações de trabalhos acontecem entre os dias 11 e 16 de maio, na Unidade Bueno.

Promover a saúde, a cultura, o respeito às diferenças e a preservação do meio ambiente é o diferencial desta edição da Jornada. Outra novidade é a diversidade de palestras e a proximidade com o Conselho Regional de Educação Física (CREF-14/GO-TO), que estará presente no evento e vai apresentar as diferentes áreas de atuação do profissional de Educação Física, além de alertar sobre a validade dos cursos da instituição frente ao Conselho.

Em entrevista ao Araguaia Online, o coordenador do curso de Educação Física da Faculdade Araguaia, professor Célio Antônio de Paula Júnior explica de que forma a 9ª Jornada de Iniciação Científica auxilia os alunos, futuros profissionais de Educação Física no mercado de trabalho.

”As atividades, curriculares ou não, voltadas para a solução de problemas e para o conhecimento da nossa realidade, tornam-se importantes instrumentos para a formação dos nossos estudantes. É dentro desta perspectiva que a inserção precoce do aluno de graduação em projetos de pesquisa se torna um instrumento valioso para aprimorar qualidades desejadas em um profissional de Educação Física”, declara.

Segundo o coordenador, o desenvolvimento da Jornada está a todo vapor, com os professores e alunos envolvidos no projeto. “O interesse dos estudantes para apresentar um bom trabalho, bem como participar das palestras e minicursos está bastante evidente, não só pela parte avaliativa, mas principalmente pela contribuição científica que este tipo de iniciativa promove”, destaca.

Adrielly Naiany, acadêmica do 1º período de Educação Física revela a expectativa em participar pela primeira vez da Jornada. ”Creio que vai ser uma experiência incrível e diferente, que vai agregar no meu currículo, além da oficina que participaremos, onde veremos tanto na teoria quanto na prática essa área de conhecimento”, diz a aluna.

Paralelamente à Jornada, será realizada a Semana da Saúde, com orientações para colaboradores e discentes sobre a prevenção de doenças crônicas, diabetes, hipertensão e dislipidemias, além de promover a prática regular de atividades físicas junto a uma boa alimentação para uma vida saudável. No encerramento, após a programação científica, haverá apresentações culturais de dança e confraternização entre os alunos do matutino e noturno.

Semana da Saúde integra a programação da IX Jornada de Iniciação Científica de Educação Física da Faculdade Araguaia

FACULDADE ARAGUAIA INVESTE EM EXPANSÃO NO EXTERIOR

Texto: Naddiny Barros e Raquel Fernandes

Edição: Profa. Viviane Maia

 

A sociedade contemporânea vive em constante avanço e é necessário que a educação também acompanhe este progresso. A globalização e os constantes desenvolvimentos tecnológicos mudam as formas de pensar e requerem variadas práticas pedagógicas. Cabe às instituições de ensino promover uma educação de qualidade e capacitar seus alunos para utilizar, com habilidade e competência, as tecnologias disponíveis. Desta forma, a Educação à Distância (EaD) figura como uma modalidade educacional que possibilita visões diversas do mundo, e variadas formas de ensinar e aprender.

Visando os aspectos positivos da educação à distância – tais como a democratização de oportunidades educacionais e a prática do conhecimento individual e coletivo, favorecido pelos ambientes digitais e interativos de aprendizagem, a Faculdade Araguaia investe nesta modalidade, agora além das fronteiras brasileiras.

A iniciativa faz parte do projeto de expansão Educação sem Barreiras, que prevê a abertura de novos pólos EAD em território nacional e internacional. Os Estados Unidos, juntamente com a Bélgica e Portugal, são países a serem alcançados pelo EAD da instituição.

Neste semestre, o diretor Geral da Faculdade Araguaia, professor Arnaldo Cardoso Freire, esteve nos estados da Flórida, Geórgia e Nova York para a inauguração dos pólos. Segundo o diretor, o público-alvo são brasileiros que moram nos Estados Unidos e que desejam fazer uma graduação ou uma pós-graduação.

No entanto, o projeto também inclui cursos para americanos e latinos em geral. Inicialmente, serão ministrados dois cursos superiores – Administração e Pedagogia – e mais 80 cursos de MBA.

Em entrevista ao Araguaia Online, Arnaldo Freire enaltece a expansão da Faculdade Araguaia para países estrangeiros, à medida que são trazidas tecnologias educacionais de outros países para o Brasil. Além disto, a instituição pretende implantar cursos de inglês para os alunos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Administração, com o intuito de prepará-los para um possível futuro educacional nos Estados Unidos.

O diretor esclarece ainda que a faculdade não procura grande demanda de matrícula, pois preza por qualidade, e não quantidade. O processo de expansão é difícil e gradativo, por isso, Arnaldo Freire cita o escritor Millôr Fernandes: “Eu nasci pequeno e fui crescendo aos poucos”.

Diretor da Faculdade Araguaia, Arnaldo Freire na inauguração de um dos polos nos EUA

Processo seletivo

Os alunos que moram no exterior e desejam ingressar em um dos cursos superiores ofertados, deverão passar por um processo seletivo (vestibular) que validará, ou não, sua entrada na Faculdade Araguaia, no pólo de apoio presencial de sua escolha.

Todos os pólos contam com tutores presenciais preparados para atender as demandas técnicas, no que tange a utilização e o manuseio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), bem como parte das demandas pedagógicas. Após a aprovação, o aluno recebe um contato da Secretaria de Educação à Distância informando os documentos que deverão ser apresentados para a efetivação da matrícula.

Os cursos têm duração de quatro anos, cumprindo as exigências legais de formação de Bacharelado e Licenciatura. Os diplomas serão válidos apenas no Brasil, uma vez que a Faculdade Araguaia ainda está caminhando para possíveis validações internacionais.

Internacionalização

Coordenador do Núcleo de Tecnologia em Educação à Distância (Nutec), Leandro Vasconcelos explica que os dois cursos, espalhados em pontos estratégicos, irão possibilitar muitos brasileiros à retomada dos processos de aprendizagem, principalmente aqueles que têm alguma expectativa de retorno ao seu país, bem como uma retomada às discussões do contexto brasileiro, no que se relacionam as duas áreas do conhecimento: negócios e educação.

Sobre a expansão destes pólos, o coordenador do Nutec afirma que “a Faculdade Araguaia está apenas iniciando seu processo de internacionalização e democratização da educação brasileira. Ainda temos muitas propostas e novidades a serem colocadas em prática.”

FACULDADE ARAGUAIA PROMOVE SEMINÁRIO PARA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

Texto: Vinícius Martins

Edição: Profa. Viviane Maia

 

As práticas sociais que envolvem a Educação Superior e seu respectivo papel na inserção profissional serão discutidas durante o VI Seminário Interdisciplinar da Faculdade Araguaia: Graduação e Pós-Graduação, entre os dias 26 e 28 de abril. A abertura será realizada nesta quinta-feira, no auditório Téo. As atividades de sexta e sábado serão na Unidade Bueno.

Com o tema “A educação superior e seu papel na inserção profissional: uma nova forma de pensar e agir”, o evento vai promover o diálogo entre estudantes, professores, pesquisadores e profissionais ligados as diferentes áreas do conhecimento, diretamente envolvidos no assunto.

A abertura do evento contará com duas atividades. Primeiro a psicóloga e doutora em Educação Tereza Cristina Medeiros Pinheiro de Lima vai ministrar a palestra Fator humano como a chave para a competitividade. Na sequência, o professor mestre e consultor da empresa Merkado de Ideias vai falar sobre gestão de carreira.

O objetivo do evento é promover o conhecimento produzido pelos cursos de graduação e pós-graduação, além de fomentar a inovação no cenário profissional e nos futuros profissionais da sociedade. A programação contará com palestra, conferência, painéis, minicursos, oficinas, relatos de experiências e pôsteres.

Segundo o Coordenador Geral do Núcleo de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação da Faculdade Araguaia, professor Milton Gonçalves Júnior – e que também é um dos coordenadores do Seminário, que chega à sua sexta edição, deve promover debates entre ambas as formações.

“A intenção é reunir os estudantes da graduação e da pós-graduação e gerar linhas de discussões entre os acadêmicos destas duas formações, para ver qual o reflexo desta temática dentro de uma discussão entre os que estão ingressando no mercado de trabalho ou que já estão nele, e que querem aprimorar o seu conhecimento”, destaca Milton Júnior.

Para a Diretora Pedagógica da Faculdade Araguaia, professora Rita de Cássia Del Bianco – que é também a idealizadora do evento desde a primeira edição –, o estudante não pode se preocupar apenas com as atividades de sala de aula. “Para além da sala de aula, o aluno deve buscar também uma série de atividades, de cursos, palestras, para que ele complemente sua formação. Este é o primeiro passo para o aluno pensar no mercado de trabalho e em como enfrentá-lo no contexto atual econômico e político”, orienta.

Rita de Cássia reforça que, durante o evento, os acadêmicos vão conhecer a dinâmica do mercado por meio de troca de experiências, presença de pesquisadores e até do poder público, além de uma grande feira de negócios promovida pelos cursos de Administração e Gestão Comercial, na qual os participantes vão conhecer a constituição de uma empresa, desde a organização até a comunicação e vendas. “É uma das oportunidades que os alunos têm de se aproximar do mercado de trabalho”.

Professora Rita Del Bianco, idealizadora e coordenadora do evento

Professor Milton Gonçalves Júnior, coordenador geral do evento

 

SERVIÇO

VI Seminário Interdisciplinar da Faculdade Araguaia: Graduação e Pós-Graduação

Tema: A educação superior e seu papel na inserção profissional: uma nova forma de pensar e agir.

Data: 26 a 28 de abril de 2018
Horário: 18h30 às 22h, quinta e sexta; sábado das 9h às 16h.

Local: Abertura – auditório do Colégio Téo, demais dias na unidade Bueno.

Informações e inscrições:http://www.faculdadearaguaia.edu.br

Representantes de escolas particulares discutem o impacto da reforma trabalhista

O diretor Geral da Faculdade Araguaia, professor Arnaldo Cardoso Freire (no centro da foto), dirigiu o seminário sobre as implicações da Reforma Trabalhista nas escolas particulares, realizado pela Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (Confenen), em Brasília, na última quarta-feira, 11 de abril. Na oportunidade, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Brito Pereira, reforçou a importância da Justiça do Trabalho e frisou que a jurisprudência trabalhista sobre os dispositivos introduzidos pela Lei 13.467/2017 (Reforma Trabalhista) será pacificada na medida em que casos concretos forem sendo analisados.

Time de Futsal Faculdade Araguaia participa dos Jogos Universitários de Goiás 2018

Texto: Avelino Mateus

Edição: Profa. Viviane Maia

Fotos: Divulgação

 

Atual campeã Sul-Americana dos Jogos Universitários, a equipe de futsal feminino da Faculdade Araguaia e Associação Atlética Hidráulica Brasil (AAHB) chega como uma das favoritas para o Jogos Universitários de Goiás (JUG’s) 2018 que, após dois anos, volta a ser disputado no interior, em Itumbiara, a 200 km de Goiânia, entre os dias 17 a 22 de abril.

Além da Faculdade Araguaia, outras equipes da capital também disputam a categoria futsal feminino, como a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) e a Universidade Federal de Goiás (UFG).  O restante das chaves é composto por três equipes do interior: Universidade Estadual de Goiás (UEG) e UniEvangélica, ambas de Anápolis: e Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) de Goiatuba.

Sobre a preparação da equipe e um suposto favoritismo, por conto da conquista do Sul-Americano, a treinadora Daniela Dallago lembra que no Jogos Universitários Goianos (JUGs) o time é atual vice-campeão. Para conquistar o primeiro lugar na competição, as meninas vêm sendo preparadas há meses.

“Nosso planejamento teve início em fevereiro com 13 atletas universitárias, sendo dez campeãs Sul-Americanas. Não somos favoritas, porém, mais experientes. Nos preparamos bastante, com objetivos claros, estratégias bem definidas e o resultado será fruto de todo trabalho de preparação”, declara Dallago.

A treinadora ainda fala sobre as possíveis adversárias, e respeito é a palavra chave. “Já conhecemos os adversários de Goiânia e respeitamos a qualidade técnica de todas as equipes, pois todos possuem trabalhos organizados. Para cada realidade de jogo temos nossas estratégias”, revela.

Para a ala Lorena Peres, artilheira e capitã da equipe, recentemente convocada para seleção brasileira, o JUG’s 2018 é a competição mais importante do ano. E, se novas convocações vierem, serão fruto do trabalho coletivo da equipe.

“A oportunidade que tive na seleção foi de grande aprendizado, fiz valer todo esforço e trabalho até ali. Os JUG’s é a competição mais importante do ano para nós. Por isso vou dar o meu melhor para poder ajudar minhas companheiras dentro de quadra, nesse ano o coletivo está cada vez mais presente na nossa equipe. Se Deus quiser vamos sair com resultado positivo dessa competição. E se a convocação vier é fruto do trabalho de equipe.”

Já para a goleira Lara Danielle, que atua na equipe sub-20 e vem recebendo oportunidades no time adulto, a competição significa uma chance de aparecer para o cenário nacional. “O JUG’s é uma competição a nível estadual, nossa equipe treina para conquistar esse título que é importante para nós universitárias bolsistas, e para que possamos nos inserir no cenário nacional”, explica.

A atleta ainda exalta o trabalho da Faculdade Araguaia e fala sobre a importância de manter a categoria viva. “A Faculdade Araguaia tem um trabalho de base contínuo desenvolvido em parceria com a AAHB e um dos objetivos é sem dúvida manter nossa categoria em plena formação, dentro de cada faixa etária e a cada ano com novas composições de categoria.”

Uma boa classificação pode levar a equipe à disputa da etapa Regional Centro-Sul dos jogos, que ocorrerá em Brasília no mês de agosto, e contará com a participação das principais equipes de Mato Grosso, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Distrito Federal, Minas Gerais e Goiás.

A equipe de Futsal da Faculdade Araguaia é a atual campeã do Jogos Universitários Sul-Americanos

Artilheira e capitã do time de futsal

Goleira Lara Danielle com o preparador Raphael Naciff

“Nos preparamos bastante, com objetivos claros, estratégias bem definidas e o resultado será fruto de todo trabalho de preparação”, afirma a treinadora Daniela Dallago

Qual o papel de uma assessoria de imprensa na gestão de crise?

Texto: Jairo Menezes

Edição: Profa. Viviane Maia

Um dos maiores desafios de uma assessoria de imprensa é fazer a gestão de uma crise de imagem do assessorado na mídia. E para que os estudantes de Jornalismo e Publicidade e Propaganda possam aprimorar os ensinamentos, a jornalista Jovana Colombo entra em ação com a oficina O papel da Assessoria de Imprensa na Gestão de Crise, no dia 23/11, das 18h30 às 22 horas.

Jornalista Jovana Colombo

A atividade faz parte da programação da X Semana da Comunicação da Faculdade Araguaia e I Semana da Consciência Negra, que teve início na última segunda-feira (20/11) e prossegue até sexta (24/11), na unidade do Bueno.

Jornalista Jovana Colombo

A oficina será desenvolvida para promover uma reflexão sobre o trabalho dentro de uma Assessoria de Imprensa. Do trabalho diário, à gestão de crise. Após exibição de conteúdo, com elemento surpresa e de forma interativa, os alunos promoverão soluções para situações apresentadas, e avaliarão a estratégia adotada pelo mercado.

​Crise faz parte da rotina da jornalista Jovana Colombo, que é uma das assessoras de imprensa do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) desde 2014. Ela é pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pelo Instituto de Pós-Graduação (Ipog) e se formou em Comunicação Social com habilidade em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

SERVIÇO

O que: Oficina O papel da Assessoria de Imprensa na Gestão de Crise

Quem: Inscritos na X Semana da Comunicação da Faculdade Araguaia e I Semana da Consciência Negra

Quando: 23/11, das 18h30 às 22h

Onde: Faculdade Araguaia, Unidade Bueno

Informações: http://www.faculdadearaguaia.edu.br

Celular como ferramenta de produção de notícia

Texto: Jairo Menezes

Edição: Profa. Viviane Maia

O jornalista não é onipresente. No cotidiano, há situação que se transformam em notícia frente a quem quer que seja. Por isso mesmo, a mídia de bolso é imprescindível para fazer os registros dos fatos. A câmera de um celular pode estar apontada para algo, ou gravar alguma declaração que garantem uma reportagem.

Para quem tem interesse em usar esse dispositivo tecnológico na produção de notícias, a jornalista e professora universitária Silvana Monteiro ministrará a oficina Midias sociais: o telefone celular como ferramenta de produção de notícias. A atividade será realizada no dia 23/11, das 18h30 às 22 horas, dentro da programação da X Semana da Comunicação da Faculdade Araguaia e I Semana da Consciência Negra, que teve início na última segunda-feira (20/11) e prossegue até sexta (24/11), na unidade do Bueno.

Jornalista e Professora Universitária Silvana Monteiro

A internet é considerada um marco no processo de transformação. Isso não quer dizer que seja apenas para o jornalismo, vai além: para toda a comunicação (alcance, instantaneidade, acessibilidade, volume). Nesse contexto, os dispositivos móveis se configuram como a principal ferramenta de produção e veiculação da informação. Apropriar-se dessa ferramenta de maneira crítica e atrelada aos preceitos do jornalismo é o princípio básico da oficina.

Jornalista, Silvana Monteiro já trabalhou em jornais como repórter, no Diário da Manhã e no O Popular. Participou das assessorias de comunicação de órgãos governamentais (Agetop, Semarh, Secretaria Estadual de Industria e Comércio) e da Fundação Pró-Cerrado, além de já ter atuado como professora universitária na Faculdade de Informação e Comunicação da Universidade federal de Goiás (UFG) e na Faculdade Araguaia. Atualmente leciona na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC).

SERVIÇO

O que: Oficina Midias sociais: o telefone celular como ferramenta de produção de notícias

Quem: Inscritos na X Semana da Comunicação da Faculdade Araguaia e I Semana da Consciência Negra

Quando: 23/11, das 18h30 às 22h

Onde: Faculdade Araguaia, Unidade Bueno

Informações: http://www.faculdadearaguaia.edu.br

1 2