7 de Abril, dia do jornalista

Fotos: Faculdade Araguaia Comunicação / Bruno Haringl (2013)

Hoje (7 de Abril), é comemorado o dia do Jornalista. Esta data, instituída pela ABI (Associação Brasileira de Imprensa), homenageia o médico e jornalista Líbero Badaró.
O jornalista chegou ao Brasil em 1826 já com pensamentos a favor da liberdade. Três anos mais tarde fundou o periódico Observador Constitucional, no qual denunciava abuso de poder do Império, na época de D. Pedro I. Em novembro de 1830, foi assassinado por inimigos políticos, em São Paulo. Historiadores acreditam que a morte foi encomendada pelo imperador que em 7 de abril de 1831 abdicou.
Desta forma, a data apresenta controvérsias. Alguns falam que ela marca o Dia do Jornalista, também comemorada no dia 29 de janeiro. Outros afirmam que a data marca o Dia da Imprensa.  A data ressalta a importância da liberdade de imprensa e da luta pelo direito de se expressar publicamente.
Abaixo, o que grandes filósofos e pensadores diziam sobre o jornalismo.

Programa Intervalo de Aula apresenta novas formas de educar


Foto: Reprodução

Educar e inovar na forma de transmitir conhecimento a crianças, jovens e adultos, por meio de quadros atrativos que buscam envolver professores e alunos, além de profissionais de áreas distintas. Esse é objetivo do programa Intervalo de Aula, realizado pela da Faculdade Araguaia (FARA).
O foco do programa é discutir e debater questões ligadas à educação. Apresentado pela professora mestre Tatiana Carilly, tem conquistado público cativo. Segundo a docente, o Intervalo de Aula é pioneiro na área de educação. “Mostramos a realidade, verdades e construções. É um programa diferente do que já se viu na TV goiana, analisa.

Idealização

Transmitido aos domingos às dez horas da manhã pela TV Goiânia Band, o programa foi planejado pela direção da Universidade para dar voz aos professores. Para o reitor da FARA Arnaldo Cardoso, o professor é o principal agente promotor da educação, e muitas vezes sua opinião e colocada em segundo plano.
Com o slogan “Professores e professoras debatem a educação”, o programa prioriza a imagem desse profissional, mas também são tratados outros assuntos. De acordo com o professor Arnaldo, o curso de pedagogia da FARA atingiu a maior nota na educação, e isso explica a valorização desses profissionais por parte da instituição. “Entendemos que a educação sem o professor não se sustenta”, avalia.

O início

Dentre as principais preocupações do projeto estava o receio de como o público jovem aceitaria – e se aceitaria – um programa nesse formato e quais caminhos seguir para lançar essa maneira de fazer educação.
Um dos primeiros desafios foi criar a identidade visual do programa. Estife Kalil, produtor e editor do Intervalo de Aula, ressalta a dificuldade de se chegar a um consenso sobre como um programa sério atingiria todos os públicos, desde crianças a adultos. “Geralmente quem fala sobre educação são professores, e a real preocupação era como o público jovem absorveria as informações,” pontua Kalil.

Quadros

O Intervalo de Aula traz diversos quadros, debates e busca entreter o público. O quadro “O Professor de quê?” consiste em interromper determinada aula para falar sobre a importância da disciplina e esclarecer possíveis dúvidas de uma forma dinâmica. “É o momento em que o professor fala sobre ele mesmo, sua formação e seu currículo,” destaca Bruno Haringl, repórter e produtor do quadro.
O cinema está inserido no contexto do projeto como uma forma de educar por meio de filmes inseridos no plano educacional um olhar diferente. Também são levantados temas ligados às crianças: “Infância na Retina”, por exemplo, trata de assuntos variados vistos pelo olhar de uma criança.

Futuro

O programa, já em sua 35ª edição, é gravado e produzido no estúdio de TV da instituição, onde são usados recursos da própria instituição. O professor Arnaldo destaca que o próximo passo é selecionar acadêmicos de Jornalismo e Publicidade, para que possam atuar com repórteres, redatores e até mesmo apresentadores. “Uma espécie de laboratório”, conclui.
No intuito de atender às pessoas que por algum motivo não acompanham as transmissões do programa pela TV, a FARA disponibiliza as edições no Youtube e em sua página no facebook

_________________

Escrito pelas alunas Anna Carolina, Jainária Tomás e Juliana Gomes
Matéria produzida na disciplina Agência de Notícias sob orientação da professora Patrícia Drummond.

1 11 12 13