O que é ser goiano? Parte II

Na disciplina de Produção Publicitária para TV e Cinema os alunos tiveram que responder a essa pergunta e produzir um vídeo que retratasse, de maneira inusitada, quem são os goianos. A proposta desse vídeo foi brincar com costumes e expressões típicas dos goianos.

Orientação: Profa. Joseane Ribeiro

O que é ser goiano?

Na disciplina de Produção Publicitária para TV e Cinema os alunos tiveram que responder a essa pergunta e produzir um vídeo que retratasse, de maneira inusitada, quem são os goianos. No vídeo acima os alunos decidiram apresentar uma receita típica de Goiás de uma maneira nem tão típica assim.

Orientação: Profa. Joseane Ribeiro

inTRANSigência short

Era só um trabalho acadêmico de Telejornalismo II da professora Juliana Junqueira e de Produção Audiovisual do professor Frederico Carvalho, mas gostamos tanto das entrevistadas, que decidimos compartilhar esses depoimentos maravilhosos com vocês.
Agora esperamos que esta seja a versão curta-metragem do documentário inTRANSigência. Queremos fazer uma versão longa metragem, com iluminação decente e controle de audio.
Aborda as várias formas de violência sofridas por transexuais e travestis. Da forma de tratamento ao preconceito familiar e no ambiente de trabalho, o cotidiano de quem decide mudar sua identidade ou aparência para outro gênero.
Intransigente: aquele que não transige, que não faz concessão; inflexível, intolerante.

No país que mais mata transexuais e travestis no mundo, a intransigência está impregnada nas pessoas. Mas há aqueles transigentes, que quebram os tabus e ultrapassam as barreiras do preconceito escancarado e endêmico de uma sociedade conservadora, e que aos poucos, começa a olhar com outros olhos para a diversidade.

inTRANSigente conta histórias de Luanas, Divas e Saras. Pessoas que transigiram, e com o coração cheio de luta, se tornaram “puta mulheres”.

Quadrilha Pós-moderna

Adaptação do poema “Quadrilha”, de Carlos Drummond de Andrade, em uma intertextualidade que busca dialogar com as relações sociais no âmbito da modernidade líquida, conceito de Z. Bauman.
Como seria o poema de Drummond na era do Tinder, do Facebook e demais redes? Eis a nossa perspectiva.
Produzido pelos estudantes de Jornalismo e Publicidade e Propaganda dá Faculdade Araguaia (abril de 2017).

Chapeuzinho Urbana

O roteiro gira em torno das relações frágeis estabelecidas na modernidade.
São relações muito superficiais e laços que se tornam cada vez mais frágeis. Mesmo num núcleo familiar como o apresentado no vídeo (mãe, filho e avó) não interessa estabelecer uma relação profunda. As relações pessoais são líquidas e elas podem derreter a qualquer momento, ou seja, adicionar ou descartar quem eu bem entendo sem prejuízo algum, funcionando como conexões, onde se conecta e desconecta facilmente. Entre fábulas e vida real, se consegue identificar pontos através do tempo que remetem ao estilo social que vivemos hoje. Uma forma mais evolutiva de sentimento é evidente entre as pessoas, em decorrência da busca diária por novas tecnologias e o poder financeiro, deixando de lado o calor humano.

 

Quadrilha pós-moderna

O presente trabalho pretende descrever as metodologias, os estudos e os resultados da gestação do curta-metragem “Quadrilha Pós-Moderna”, confeccionado no âmbito da disciplina de “Produção Audiovisual” dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faculdade Araguaia. O trabalho se pautou no desenvolvimento de uma película sobre a modernidade líquida, mais especificamente as questões concernentes ao tema cibercultura e simulacro. Para tanto, foi realizado um levantamento bibliográfico sobre o objeto de estudo, com destaque para os aportes teóricos de Zygmunt Bauman. Em seguida, engendrou-se uma fase de planejamento e elaboração de roteiro, com a consequente fase de gravações. O vídeo buscou fazer uma “adaptação” do poema “Quadrilha”, de Carlos Drummond de Andrade, em uma tentativa de inserir a história original no contexto social da modernidade líquida, caracterizada pela virtualidade e pelo caráter descartável das relações amorosas humanas.

New Chip

Esta propaganda foi desenvolvida na disciplina de Produção Audiovisual sobre a orientação do Me. Frederico Carvalho Felipe interligada a temática da Jornada Científica da Faculdade Araguaia,  que explorou o tema SOCIEDADE LIQUÍDA-MÍDIA E ESPETÁCULO, que tem como base o sociólogo polonês Zygmunt Bauman que enfatiza que a sociedade atual pode ser classificada como uma modernidade líquida (que seria uma substituição do termo “pós-modernidade”, que se tornou mais uma ideologia do que um tipo de condição humana, como diz o autor), em contraposição à modernidade sólida que seria a modernidade propriamente dita, da época da guerra fria e das guerras mundiais.

1 2