Como não ser mais uma vítima de estelionato

Texto: Jonathan Cavalcante

Edição: Vinícius Martins

 

Os crimes de estelionato vem acontecendo com frequência em Goiás, e a cada dia, vítimas caem nesse golpe e são prejudicadas. Segundo dados da Polícia Civil, apenas no mês de outubro foram registrados mais de 30 casos.

Correntistas de vários bancos, principalmente da Caixa Econômica Federal são as principais vítimas desses crimes praticados. “Nós sabemos que os bancos não pedem senhas de cartões e confirmação dos últimos números de cartões por telefone”, disse a Delegada Titular da 1ª DP Anápolis, Dra. Gênia Maria Etherna.

A Polícia Civíl explica ainda que é preciso ficar atento para alguns fatores, como o DDD de quem está vendendo, informações da conta para o depósito, a identidade do vendedor e desconfiar de preços muito baixos.

Confira a matéria realizada pelo aluno Jonathan Cavalcante, para o Araguaia Online: