Profissionais debatem sobre novas possibilidades de atuação no jornalismo e publicidade

Mesa-redonda integra a programação da X Semana de Comunicação da Faculdade Araguaia, nesta terça-feira, 21 de novembro

Texto: José Antônio Correa

Edição: Profa. Viviane Maia

A Faculdade Araguaia recebe na noite desta terça-feira (21), jornalistas e publicitários para um debate sobre as novas possibilidades de atuação no jornalismo e na publicidade, no auditório Bueno, a partir das 19h. O evento contará com a presença da jornalista e empreendedora digital Letícia Nobre, do publicitário e empreendedor Rodrigo Mendanha, da publicitária e empreendedora Camila Reis e do Clayton Nobre, mentor da Mídia Ninja uma das maiores mídias independentes do Brasil. A mediação ficará a cargo da professora Patrícia Drummond.

Publicitário e Empreendedor Rodrigo Mendanha

Jornalista e Empreendedora digital, Letícia Nobre

Publicitária e Empreendedora, Camila Reis

Mentor da mídia Ninja, Clayton Nobre

Esta atividade integra a segunda noite da X Semana de Comunicação da Faculdade Araguaia e I Seminário da Consciência Negra, evento organizado pelos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, cujo tema é Empreendedorismo e Inovação: Novos Modelos de Negócio na Comunicação. O evento segue até o a próxima sexta (24) com atividades e apresentações culturais, conferências, mesas-redondas, oficinas, apresentação de trabalhos práticos.

Jornalismo

Letícia Nobre é jornalista graduada pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Passou pelos veículos Portal Terra, Diário da Manhã e Correio Braziliense, onde conquistou os prêmios Esso e Embratel de Jornalismo. É empreendedora digital e mentora de marketing de conteúdo, ajudando outros empreendedores e autônomos a criarem presença digital para alavancar suas carreiras e negócios.

Ela acredita que “o jornalista que não tem uma atitude proativa, uma atitude empreendedora não terá espaço no mercado. As mídias de massa tradicionais já se renderam ao impacto e à importância da comunicação direta, sem intermediários, entre a fonte e o público. Por esse foi o principal motivo pelo qual o jornalismo tradicional – aquele que acontecia só nos jornais impressos e nos grandes canais de TV – tem os dias contados.”

Ela ainda comentou acerca do trabalho jornalístico na era digital. “Sob o campo do exercício do trabalho, passa da hora de jornalista achar que precisa ser empregado de alguém para ter espaço no mercado. Hoje, milhares de especialistas que produzem conteúdo, que têm o que compartilhar, estão aí, precisando de consultoria, mentoria, enfim… dos conhecimentos que para nós, jornalistas, fazemos ‘com os pés nas costas’”, disse.

Letícia acredita que “a maioria dos jornalistas tem uma grande quantidade de conteúdo e de habilidades que, bem usadas, bem embaladas, são um prato cheio para criar um mercado próprio e ser bem remunerado por isso”.

Publicidade

Já o publicitário Rodrigo Mendanha é especialista em mídia e planejamento, diretor de importantes agências do mercado regional e mestrando em comunicação pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Ele falou ao Araguaia Online sobre como é ser um publicitário na era digital.

“Um publicitário na era digital precisa ser multitask, entender de dados e do business da publicidade. Mas principalmente, saber executar com propriedade uma operação digital (a parte de execução). Os conceitos e teorias são até muito bem absorvidos pelos profissionais, mas é mais difícil encontrar um profissional vocacionado em colocar ‘mão na massa’, principalmente no que se refere às ferramentas de mídia programática. A mão de obra, no mercado goiano, ainda é carente nesse sentido.”

Segundo ele, mídia digital se caracteriza como investimento financeiro. “Antes do programático, quando a publicidade ainda era vendida sem o auxílio de algorítimos, a entrega do anúncio somente para consumidores realmente interessados por determinada marca, produto ou serviço na internet, ainda era bastante incipiente e ineficiente. Não é por acaso que Google e Facebook, por exemplo, estão cada vez mais capitalizados e com as ações muito em alta.”

SERVIÇO

Mesa-redonda: Novas possibilidades de atuação no jornalismo e na publicidade

Atividade cultural: Grupo de rap Ovelha Negra

Data: 21 de novembro

Horário: 18h30 às 22h

Local: Auditório Bueno da Faculdade Araguaia