Quando escolher cursar Publicidade e Propaganda?

Dizem que a Publicidade e Propaganda é a vilã do mundo atual, mas calma lá, não é bem assim. Uma campanha de doação de sangue, doação de órgãos, doação de alimentos ou de agasalhos, é ruim? Não, como toda profissão, a Publicidade tem seus bons e seus maus profissionais, a questão é de que lado você vai ficar. Um curso com várias possibilidades não pode ser limitado a apenas vender produtos que vão arruinar a vida das pessoas, na verdade nenhum produto é capaz disso, quem faz isso são as pessoas. Mas vamos ao tema de hoje!

Publicidade e Propaganda

 

“Então eu acabei o ensino médio e agora preciso fazer faculdade, eu não quero, mas sou obrigado por que meus pais querem, vou fazer Publicidade e Propaganda, afinal, é só festa, moleza!”, se você for por esse tipo de pensamento vai desistir no primeiro semestre. A profissão exige muito esforço e não é pra qualquer um que prefere uma jornada normal de serviço, algumas agências, por exemplo, permite que você escolha seu horário desde que cumpra uma meta de horas por dia, você também pode ser freelancer que é o que faço atualmente e simplesmente você esquece de ter hora pra sair, passa fácil as 8 horas diárias de trabalho, no meu caso eu sou mais puxado para parte de criação/redação, prefiro essa área, no entanto, muitas pessoas não se dão muito com softwares de criação ou se julgam não serem bons para desenvolver ideias, eu não acredito nisso, pois, criatividade todos temos uma própria e cada uma delas podem ser usadas em alguma área de publicidade.
Publicidade não é só criação temos na área o atendimento, que serve de elo entre a agência e o cliente, basicamente é a cara da agência. O marketing, essa sim é a grande responsável pela venda do produto, estabelece estratégias de preço, de distribuição e venda, da campanha até da aproximação com o consumidor. Mídia que basicamente vai escolher os veículos de comunicação mais adequados para difundir uma campanha, além de negociar a compra de espaço para anúncios em outdoors, TVs e outras mídias. E por fim a Criação/Produção que é a parte visual e sonora de uma campanha publicitária nela você tem a possibilidade e fazer jingles, comerciais e anúncios em rádios, TVs, jornais, revistas, outdoors e websites, é a área que exige uma técnica específica.
Tem outras áreas, você pode escolher o curso por alguma dessas áreas que tem interesse mas é de fundamental importância que saiba um pouco de todas as áreas, não é uma profissão fácil, mas o sentimento de ver um trabalho seu rodando por aí e sendo elogiado por pessoas de dentro e fora da área, paga qualquer noite mal dormida ou estresse passado. Se você não tem medo de desafios essa é a profissão que você sempre vai ter um diferente.
com informações do Plugcitários 

Deixe uma resposta