TÁ NA MÃO. Serviço de achados e perdidos da RMTC

Pensando em melhorias no serviço prestado a população goianiense o consórcio RMTC, que gerencia o transporte coletivo na capital oferece a sociedade o serviço de achados e perdidos TÁ NA MÃO

Objetos perdidos e encontrados, à disposição na central Tá na Mão

O número de usuários do transporte coletivo de Goiânia, administrado pelo Consórcio RMTC – Rede Metropolitana de Transportes Coletivo, chega a aproximadamente oito milhões e meio de pessoas por dia. São trabalhadores, estudantes, donas de casa, todo que em determinado momento do dia precisam de um ônibus para se locomover.
E nesse vai e vem de pessoas, todos sem tempo a perder, em meio a atrasos e distrações, que muitas vezes alguns usuários acabam deixando para trás um pedaço de si. E em meio a tanta gente, como fazer para encontrar aquilo que foi perdido?
Desde o seu lançamento, no mês de maio de 2014, o Serviço de Achados e Perdidos da RMTC, o TÁ NA MÃO, já catalogou mais de 4.820 itens esquecidos em ônibus e terminais de Goiânia. Dentre eles estão documentos, que lideram a listas de itens perdidos, ferramentas de trabalho, bolsas, e até um forno micro-ondas engloba essa vasta lista, mas não se assuste, boa parte desses itens já foram devolvidos aos seus donos.
Segundo a assessoria de comunicação do Consorcio RMTC, esse projeto surgiu da necessidade de uma central única de recebimento de objetos e documentos perdidos e posteriormente achados nas garagens e terminais da empresa, pois muitos eram encontrados e ficavam sem destino por não havia uma fonte de coleta e entrega desses objetos, o que gerava certa insatisfação aos passageiros.
Todos objetos achados ou perdidos em um dos 14 terminais de Goiânia, administrados pela RMTC devem ser entregues aos Encarregados do respectivo Terminais, responsáveis por direcionar os itens para a central Tá Na Mão, localizada no Terminal das Bandeiras, região sudoeste da cidade.

Quem perdeu ou esqueceu algo que possa ser identificado pelo nome do proprietário, como documentos pessoais, agenda, exames médicos, dentre outros, pode verificar se o item está na Central através do Sistema de Busca no site da RMTC, rmtcgoiania.com.br, ao através do telefone 0800-648-2222. Para localizar objetos como roupas, acessórios, bolsas ou guarda-chuvas, por exemplo, é necessário ir diretamente à Central Tá na Mão e apresentar um documento pessoal com foto. Os objetos permanecem à disposição do proprietário por 30 dias, contados a partir da data em que foram entregues. Após este período, os documentos pessoais são encaminhados ao achados e perdidos dos Correios e demais objetos, encaminhados para doação.
Luciana Fernandes, usuária do transporte coletivo da capital diz que é boa à iniciativa, pois às vezes as pessoas acham um documento e não sabem onde deixar e o terminal é o lugar ideal para deixar esses objetos.
Márcio Souza também aprova o serviço:

Acho bom porque através disso ai a pessoa que perdeu qualquer coisa acha. Ter um local certo onde a pessoa busca o que perdeu facilita o processo.


Sérgio Areda
Jornalismo 6º Período

Deixe uma resposta