Balada Responsável, eu apoio essa ideia

Com pouco mais de três anos, o Programa Balada Responsável, criado pelo Detran-GO, já mostra números positivos para o órgão, tornando uma das campanhas, de educação no trânsito, mais famosas e de relevância para o país.

O Balada Responsável é um programa com o objetivo de combater motoristas que insistem em beber e dirigir. O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), em parceria com a Polícia Militar, leva a iniciativa a várias cidades do estado e também para a capital. Nesse período, já abordou mais de 1,6 milhão de pessoas nas ações educativas e em blitzes da Lei Seca. Se consolida-se como um dos maiores programas de educação para o trânsito do País. Em pouco mais de três anos, a iniciativa contabiliza índices positivos como a redução de mais de 30% no número de acidentes no período noturno e recolhimento de mais de 15 mil CNHs de condutores que dirigiam sob o efeito de álcool. Evitando que mais de 10 mil condutores continuassem dirigindo alcoolizados, cumprindo a Lei Seca e, principalmente, preservando vidas.

O Programa aposta em campanhas publicitárias para a conscientização dos motoristas.

Balada Responsável desde seu início, o programa visa trabalhar em duas frentes. A primeira consiste em abordagens pedagógicas, em bares, restaurantes, aeroportos, locais de grande aglomeração de pessoas, onde se busca-se estimular uma reflexão sobre os perigos de dirigir após a ingestão de bebidas alcoólicas. Já segunda é feita por meio de blitzes, onde, além do cumprimento da Lei Seca, é realizado todo o procedimento de rotina adotado pela Polícia Militar.

Balada Responsável – Eu Abraço Essa Ideia.
O condutor flagrado dirigindo sob o efeito do álcool, terá a CNH recolhida e responderá a um processo, que pode resultar na suspensão de 12 meses do direito de dirigir e recebe multa no valor de R$ 1.915,40, podendo dobrar em caso de reincidência. O veículo também fica retido até a apresentação de um outro motorista, devidamente, habilitado. Se o bafômetro constatar valor igual ou superior a 0,34 miligramas por litro de ar (descontada a margem de erro), o motorista será enquadrado em crime de trânsito. Além das punições administrativas, ele será preso em flagrante, podendo pegar de seis meses a três anos de detenção de acordo com os artigos 165 e 306 do Código de Brasileiro de Trânsito (CBT). A mistura de álcool e direção é um dos fatores que contribuem para o aumento do número e da gravidade dos acidentes de trânsito. A bebida alcoólica diminui o reflexo do condutor e aumenta sua disposição de correr riscos.

#EvoluaNoTrânsito – Balada Responsável.
Para o Gerente de Fiscalização e Segurança do Detran Goiás, Mj. Ivan Furtado Figueiredo reforça que o maior interesse do programa é o bem estar das pessoas. “Nós estamos fazendo um trabalho de educação orientativa e fiscalização para evitar a associação de quem faz o uso de bebidas alcoólicas e faça direção de algum veículo. O condutor que é abordado em qualquer blitz da operação em estado de embriaguez tem a carteira de habilitação apreendida. Infelizmente, o condutor não se conscientiza que a intenção da fiscalização é o bem comum, dos motoristas, passageiros, motociclistas e pedestres o bem de todas as pessoas envolvidas no trânsito”, ressalta o gerente.

Joyce Camargo, que é comerciante, diz que a iniciativa é boa só que, no entanto, falta taxistas para atender a grande demanda de pessoas. “O programa é bom, só que deve-se aumentar a frota de táxis pois, o efetivo atual é pouco para a grande número de pessoas e os valores são altos e por conta disso os motoristas se arriscam a dirigir com álcool no organismo”. O incentivo Balada Responsável baseia-se de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro. Segundo o artigo 165 “dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência” resulta em multa e suspensão do direito de dirigir por 12 (doze) meses. Já o artigo 306 delibera que “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência” resulta em detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão do direito de dirigir veículo automotor. A legislação de trânsito desperta cada vez mais o interesse da sociedade. Pessoas de todas as idades procuram atualizar-se no conhecimento do CBT e na sua regulamentação, seja como um meio para desenvolver comportamentos seguros no trânsito, ou para reivindicar de todos os agentes públicos e privados.

Agência de Notícias

Read Previous

Vila Cultural Invisível

Read Next

Detox, o suco saudável

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.