FACULDADE ARAGUAIA PROMOVE SEMINÁRIO PARA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

Texto: Vinícius Martins

Edição: Profa. Viviane Maia

 

As práticas sociais que envolvem a Educação Superior e seu respectivo papel na inserção profissional serão discutidas durante o VI Seminário Interdisciplinar da Faculdade Araguaia: Graduação e Pós-Graduação, entre os dias 26 e 28 de abril. A abertura será realizada nesta quinta-feira, no auditório Téo. As atividades de sexta e sábado serão na Unidade Bueno.

Com o tema “A educação superior e seu papel na inserção profissional: uma nova forma de pensar e agir”, o evento vai promover o diálogo entre estudantes, professores, pesquisadores e profissionais ligados as diferentes áreas do conhecimento, diretamente envolvidos no assunto.

A abertura do evento contará com duas atividades. Primeiro a psicóloga e doutora em Educação Tereza Cristina Medeiros Pinheiro de Lima vai ministrar a palestra Fator humano como a chave para a competitividade. Na sequência, o professor mestre e consultor da empresa Merkado de Ideias vai falar sobre gestão de carreira.

O objetivo do evento é promover o conhecimento produzido pelos cursos de graduação e pós-graduação, além de fomentar a inovação no cenário profissional e nos futuros profissionais da sociedade. A programação contará com palestra, conferência, painéis, minicursos, oficinas, relatos de experiências e pôsteres.

Segundo o Coordenador Geral do Núcleo de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação da Faculdade Araguaia, professor Milton Gonçalves Júnior – e que também é um dos coordenadores do Seminário, que chega à sua sexta edição, deve promover debates entre ambas as formações.

“A intenção é reunir os estudantes da graduação e da pós-graduação e gerar linhas de discussões entre os acadêmicos destas duas formações, para ver qual o reflexo desta temática dentro de uma discussão entre os que estão ingressando no mercado de trabalho ou que já estão nele, e que querem aprimorar o seu conhecimento”, destaca Milton Júnior.

Para a Diretora Pedagógica da Faculdade Araguaia, professora Rita de Cássia Del Bianco – que é também a idealizadora do evento desde a primeira edição –, o estudante não pode se preocupar apenas com as atividades de sala de aula. “Para além da sala de aula, o aluno deve buscar também uma série de atividades, de cursos, palestras, para que ele complemente sua formação. Este é o primeiro passo para o aluno pensar no mercado de trabalho e em como enfrentá-lo no contexto atual econômico e político”, orienta.

Rita de Cássia reforça que, durante o evento, os acadêmicos vão conhecer a dinâmica do mercado por meio de troca de experiências, presença de pesquisadores e até do poder público, além de uma grande feira de negócios promovida pelos cursos de Administração e Gestão Comercial, na qual os participantes vão conhecer a constituição de uma empresa, desde a organização até a comunicação e vendas. “É uma das oportunidades que os alunos têm de se aproximar do mercado de trabalho”.

Professora Rita Del Bianco, idealizadora e coordenadora do evento

Professor Milton Gonçalves Júnior, coordenador geral do evento

 

SERVIÇO

VI Seminário Interdisciplinar da Faculdade Araguaia: Graduação e Pós-Graduação

Tema: A educação superior e seu papel na inserção profissional: uma nova forma de pensar e agir.

Data: 26 a 28 de abril de 2018
Horário: 18h30 às 22h, quinta e sexta; sábado das 9h às 16h.

Local: Abertura – auditório do Colégio Téo, demais dias na unidade Bueno.

Informações e inscrições:http://www.faculdadearaguaia.edu.br

Representantes de escolas particulares discutem o impacto da reforma trabalhista

O diretor Geral da Faculdade Araguaia, professor Arnaldo Cardoso Freire (no centro da foto), dirigiu o seminário sobre as implicações da Reforma Trabalhista nas escolas particulares, realizado pela Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (Confenen), em Brasília, na última quarta-feira, 11 de abril. Na oportunidade, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Brito Pereira, reforçou a importância da Justiça do Trabalho e frisou que a jurisprudência trabalhista sobre os dispositivos introduzidos pela Lei 13.467/2017 (Reforma Trabalhista) será pacificada na medida em que casos concretos forem sendo analisados.

Time de Futsal Faculdade Araguaia participa dos Jogos Universitários de Goiás 2018

Texto: Avelino Mateus

Edição: Profa. Viviane Maia

Fotos: Divulgação

 

Atual campeã Sul-Americana dos Jogos Universitários, a equipe de futsal feminino da Faculdade Araguaia e Associação Atlética Hidráulica Brasil (AAHB) chega como uma das favoritas para o Jogos Universitários de Goiás (JUG’s) 2018 que, após dois anos, volta a ser disputado no interior, em Itumbiara, a 200 km de Goiânia, entre os dias 17 a 22 de abril.

Além da Faculdade Araguaia, outras equipes da capital também disputam a categoria futsal feminino, como a Universidade Salgado de Oliveira (Universo) e a Universidade Federal de Goiás (UFG).  O restante das chaves é composto por três equipes do interior: Universidade Estadual de Goiás (UEG) e UniEvangélica, ambas de Anápolis: e Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) de Goiatuba.

Sobre a preparação da equipe e um suposto favoritismo, por conto da conquista do Sul-Americano, a treinadora Daniela Dallago lembra que no Jogos Universitários Goianos (JUGs) o time é atual vice-campeão. Para conquistar o primeiro lugar na competição, as meninas vêm sendo preparadas há meses.

“Nosso planejamento teve início em fevereiro com 13 atletas universitárias, sendo dez campeãs Sul-Americanas. Não somos favoritas, porém, mais experientes. Nos preparamos bastante, com objetivos claros, estratégias bem definidas e o resultado será fruto de todo trabalho de preparação”, declara Dallago.

A treinadora ainda fala sobre as possíveis adversárias, e respeito é a palavra chave. “Já conhecemos os adversários de Goiânia e respeitamos a qualidade técnica de todas as equipes, pois todos possuem trabalhos organizados. Para cada realidade de jogo temos nossas estratégias”, revela.

Para a ala Lorena Peres, artilheira e capitã da equipe, recentemente convocada para seleção brasileira, o JUG’s 2018 é a competição mais importante do ano. E, se novas convocações vierem, serão fruto do trabalho coletivo da equipe.

“A oportunidade que tive na seleção foi de grande aprendizado, fiz valer todo esforço e trabalho até ali. Os JUG’s é a competição mais importante do ano para nós. Por isso vou dar o meu melhor para poder ajudar minhas companheiras dentro de quadra, nesse ano o coletivo está cada vez mais presente na nossa equipe. Se Deus quiser vamos sair com resultado positivo dessa competição. E se a convocação vier é fruto do trabalho de equipe.”

Já para a goleira Lara Danielle, que atua na equipe sub-20 e vem recebendo oportunidades no time adulto, a competição significa uma chance de aparecer para o cenário nacional. “O JUG’s é uma competição a nível estadual, nossa equipe treina para conquistar esse título que é importante para nós universitárias bolsistas, e para que possamos nos inserir no cenário nacional”, explica.

A atleta ainda exalta o trabalho da Faculdade Araguaia e fala sobre a importância de manter a categoria viva. “A Faculdade Araguaia tem um trabalho de base contínuo desenvolvido em parceria com a AAHB e um dos objetivos é sem dúvida manter nossa categoria em plena formação, dentro de cada faixa etária e a cada ano com novas composições de categoria.”

Uma boa classificação pode levar a equipe à disputa da etapa Regional Centro-Sul dos jogos, que ocorrerá em Brasília no mês de agosto, e contará com a participação das principais equipes de Mato Grosso, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Distrito Federal, Minas Gerais e Goiás.

A equipe de Futsal da Faculdade Araguaia é a atual campeã do Jogos Universitários Sul-Americanos

Artilheira e capitã do time de futsal

Goleira Lara Danielle com o preparador Raphael Naciff

“Nos preparamos bastante, com objetivos claros, estratégias bem definidas e o resultado será fruto de todo trabalho de preparação”, afirma a treinadora Daniela Dallago