Profissionais de jornalismo e de publicidade compartilham experiências

Texto e Fotos: Lu Couto e Willian Alves

Edição: Profa. Viviane Maia

 

A coordenação dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda promoveu, nessa terça-feira 19 de março, o Encontro de Egressos, dentro da programação do segundo dia da Semana de Integração Acadêmica dos Cursos de Comunicação da Faculdade Araguaia. O evento – realizado no auditório da unidade Bueno nos períodos matutino e noturno – teve como objetivo promover um debate entre egressos, alunos e professores sobre os desafios que podem ser encontrados no mercado de trabalho.

Encontro de Egressos. Foto: Lu Couto e Willian Alves

A atividade do período matutino foi mediada pelas professoras Márcia Pimenta e Viviane Maia e contou com a participação dos jornalistas e ex-alunos da faculdade Yago Sales, Kariny Bianca e Thais Dutra; e também com os publicitários e egressos da instituição Synval Jordão, Danúbia Borges e Jordão Vilela colaboraram com as discussões.

Para a publicitária Danúbia Borges, trabalhar em uma agência de publicidade exige inquietude e mente aberta para entender a necessidade do cliente. “Eu sempre fui atrás daquilo que não conhecia. Quanto mais conhecimento, melhor para ingressar no mercado de trabalho”, expressa.

A publicitária Danúbia Borges. Foto: Lu Couto e Willian Alves

O jornalista investigativo Yago Sales afirma que para contar com um diferencial no mercado competitivo é necessário ter obsessão pela informação, o que impacta diretamente nas formas de fazer jornalismo. “É preciso estar onde acontece uma tragédia ou um fato que é relevante para a sociedade”, sugere. Sales indica aos acadêmicos a leitura como um dos instrumentos para o sucesso profissional.

Cerca de 100 alunos do matutino participaram do encontro. Entre eles, o músico Maurício de Lavenère Bastos, do 2º período de jornalismo, que achou pertinente e esclarecedora as colocações dos convidados. “A interdisciplinaridade ente o jornalismo e a publicidade tem de ser respeitada, para fazermos um bom trabalho na comunicação”, afirma.