A importância de economizar água

No inicio do ano, o Brasil enfrentou um racionamento de água em algumas capitais do país, nos últimos dias a chuva amenizou a situação, mas ainda não é o fim do problema. Especialista dá dicas de como economizar e evitar um problema ainda maior no futuro 
A água é um elemento natural, muito importante e insubstituível que exige de todos uma ação permanente pela sua preservação e conservação. No inicio deste ano, o Brasil se deparou com um novo pesadelo: a falta de água.

Água , elemento essencial para a vida humana

O problema atingiu grandes centros urbanos, como o estado de São Paulo, que levou ao País um alerta sobre a importância do uso consciente e de esforços para evitar desperdícios deste recurso natural.

De acordo com o superintendente de Comunicação e Marketing da Saneago, Luiz Novo, o Estado de Goiás está em uma situação considerada, relativamente confortável, “Nós não trabalhamos com a hipótese de um racionamento, mas o que temos feito questão de enfatizar é que precisamos mudar a nossa relação com a água. Uma mudança de hábitos é fundamental pra nós mantenhamos essa condição favorável que temos hoje”, explica.

Apesar da volta das chuvas nos últimos dias, o cenário do abastecimento de água nas grandes capitais ainda tem muitas incertezas. Os níveis dos reservatórios continuam muito distantes do que é considerado ideal, e essa situação não deixa alternativa ao brasileiro a não ser economizar. Ser consciente e racional pode diminuir a conta de água e acabar com o desperdício.

A estudante de publicidade Letícia Soares encontrou uma forma de economizar água e, consequentemente, melhorar a economia da casa,

“Desde criança na minha casa nós guardamos água da chuva, sempre pensando em economizar água, e ter um desconto no orçamento”.

Reservar água da chuva pode ser uma medida para economizar

O Superintendente considera muito importante ações sustentáveis como guardar água da chuva, mas esclarece que essa água não pode ser misturada com a água da Saneago. “A água da chuva não é uma água tratada como a da Saneago, então não pode ser ingerida, e deve-se tomar bastante cuidado com o armazenamento dessa água, sempre colocar em um lugar bem tampado e higienizado para não causar dengue”, afirma.

Ele explica que esse recurso é importante e contribui muito com a questão da crise que o país está vivendo. “É importante tomar certos cuidados, mas a água da chuva pode ser utilizada, por exemplo, para regar plantas e lavar a casa”.
A Saneago dá algumas dicas para evitar o desperdício de água, como: Evitar banhos demorados, jamais usar água para limpar a calçada e o quintal, não deixar a pia aberta enquanto escova os dentes, entre outros.
Abaixo segue o panfleto que a Saneago disponibiliza de como economizar água no seu dia a dia:

Agência de Notícias

Read Previous

Detox, o suco saudável

Read Next

Faculdade Araguaia cuidando de sua natureza

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.