Maguito Vilela continua na UTI do Hospital Albert Einstein (SP) e quem deve assumir a prefeitura de Goiânia é o vice Rogério Cruz

O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), recebeu da Justiça Eleitoral, no dia 18,  o diploma que o ratifica no cargo, após a vitória nas eleições municipais deste ano

Redação: Pedro Leite

Edição: Ana Maria Morais

O prefeito eleito de Goiânia, Luís Alberto Maguito Vilela (MDB), popularmente conhecido apenas como Maguito Vilela,  recebeu da Justiça Eleitoral, no dia 18,  o diploma que o ratifica no cargo, após a vitória nas eleições municipais deste ano.

Desde o dia 20 de outubro, quando foi testado positivo para Covid 19, o prefeito eleito de Goiânia sofreu diversas mudanças em seu estado de saúde, chegando a ficar com 75% dos pulmões comprometidos no dia 27 de outubro, quando foi transferido para São Paulo, para o Hospital Albert Einsten, onde permanece até hoje.

Já no dia 3 de dezembro, após testar negativo para Covid-19, ele foi transferido para área comum do hospital, mas teve um novo problema pulmonar e voltou para a UTI. Atualmente ele está traqueostomizado e em ventilação mecânica, mantendo nível de oxigenação satisfatório. O quadro hemodinâmico continua estável com sedação leve.

Com  Maguito Vilela ainda internado, seus eleitores e a população se perguntam se ele assumirá a prefeitura em 1º de Janeiro de 2021, e se ele não assumir o que acontecerá. Caso não esteja apto a assumir, o vice de Maguito, o vereador Rogério Cruz (Republicanos), de acordo com a lei, assumirá interinamente a prefeitura até Maguito estar apto.

Rogério assumiu a campanha ainda no primeiro turno, quando sua chapa ficou na frente do senador Vanderlan Cardoso. No segundo turno, mesmo com o rival atacando e fazendo falsas alegações (sobre o estado de saúde do rival), Maguito e Rogério foram eleitos com 52,60% dos votos (277.497), enquanto Vandelan Cardoso obteve 47,4% dos votos (250.036).

Fontes: G1, R7 e O tempo

Ana Maria - UniAraguaia

Read Previous

Uberização do trabalho: a informalidade

Read Next

Méritos banais