Mãos à obra: Estudantes do matutino participam do segundo dia de oficinas

Texto e Fotos: Lu Couto e Willian Alves

Edição: Profa. Viviane Maia

 

O segundo dia de oficinas, do período matutino, foi realizado nessa quinta-feira, 21 de março, dentro da programação da Semana de Integração Acadêmica de Jornalismo e Publicidade. Assim como no primeiro dia, as atividades foram desenvolvidas em salas e laboratórios de informática. O objetivo destas atividades é colocar os estudantes em contato com a prática e desta forma melhor preparar os discentes para o mercado de trabalho.

As oficinas ofertadas nesta quinta-feira foram as seguintes:Roteiro audiovisual de ficção, ministrada pelo professor Frederico Carvalho; Let’s speak English, com o professor Maurício Lopes; e a continuação da oficina que iniciou ontem Um telefone e na mão e uma ideia na cabeça: como produzir audiovisual usando o celular, com a docente Verônica Brandão. Ao todo, 72 estudantes participaram das atividades e garantiram quatro horas extracurriculares, além de aprendizado e experiência.

O professor Frederico Carvalho elogiou a Semana de Integração Acadêmica, pois acredita que a mesma traz reflexões e discussões no âmbito acadêmico. “Na oficina, a gente tem uma condensação de um tema e o associamos com a prática. O aluno pode visualizar melhor a aplicação do seu conhecimento durante as aulas”, afirma.

O professor Maurício Lopes explica que tentou conciliar, em sua oficina, a língua inglesa ao campo da comunicação. “O aluno tem uma noção de inglês, mas, às vezes não tem a prática. A ideia é apresentar alguns aspectos gramaticais da língua que permitem ao mesmo descobrir o sentido da palavra”, sustenta.

Professor Maurício Lopes. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

O acadêmico Eleonayo Miguel participou da oficina de inglês e concorda que a aprender outro idioma tem sua importância na formação em jornalismo. “Precisamos buscar fontes não apenas em nossa língua, mas no mundo todo, pois como disse o professor, o mundo se comunica em inglês. Quando vi que haveria essa oficina foi a minha primeira opção”, explica.

Aluno Eleonayo Miguel. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

Para a estudante Priscilla Cavalcante, de 28 anos, caloura do curso de Publicidade e Propaganda, a oficina da qual participou ajudou na compreensão das técnicas audiovisuais. “Foi um aprendizado muito grande e uma das melhores aulas que eu já tive até agora. Hoje tenho uma nova visão sobre como tirar fotos, gravar vídeos”, comemora.

A aluna Priscilla Cavalcante. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

Nesta sexta-feira, a Semana de Integração Acadêmica será encerrada com duas sessões da 10ª edição do Projeto de Extensão Cineclube Araguaia, nos períodos matutino e noturno, respectivamente nos auditórios da unidade Bueno da Faculdade Araguaia e do Colégio Téo. O filme escolhido para a estreia desta edição da iniciativa foi o mexicano Tempo Compartilhado.

Cineclube Araguaia: Filme ‘Tempo Compartilhado’ abre 10ª edição do projeto de extensão

Texto: Matheus Pessoa e Kim Dietz

Edição: Profa. Viviane Maia

 

Realizado desde o segundo semestre de 2014, o projeto de extensão Cineclube Araguaia chega à sua 10ª edição neste semestre. O filme Tempo Compartilhado foi o escolhido para a temporada 2019/1. Nesta sexta-feira, 22 de março, serão realizadas duas exibições, às 8h e 18h30, respectivamente nos auditórios Bueno da Faculdade Araguaia e do Colégio Téo. Após a exibição do filme, será realizada uma mesa de discussão formada pelos professores Gustavo Ponciano, Roberta Barros e Verônica Brandão, quando serão levantadas questões relacionadas a nossa sociedade.

De acordo com o professor Frederico Carvalho, um dos idealizadores do projeto, os temas são relacionados a nossa vida e em diversas áreas, como politica, economia, cultura, arte e etc. Mas tudo é sobre o viés da comunicação social, puxando uma interlocução entre essas áreas e os teóricos da comunicação, sempre buscando esses diálogos da teoria com aquilo que é exposto nos filmes.

Frederico Carvalho destaca o projeto cineclube como fundamental para debate sobre questões atuais. “Considero o projeto Cineclube Araguaia importantíssimo para a reflexão e o aprofundamento de questões relacionadas a nossa sociedade, relacionadas ao nosso cotidiano e a profissão de comunicador social, jornalistas e publicitários.”

O tema que será discutido nesse semestre é “Trabalho, consumo e lazer no capitalismo tardio”. Segundo Gustavo Ponciano, a ideia de capitalismo tardio surge em leituras críticas de novas formas de produção, distribuição e absorção que surgem e se desenvolvem a partir dos anos 1970; da percepção de que o capitalismo passa da atuação sobre a ideia da racionalidade própria à acumulação para a ideia emocional do consumo, expandindo, assim, os tipos de produtos, não mais apenas materiais, mas também imateriais.

O estudante de Jornalismo Luís Felipe Evangelista destaca a importância da iniciativa. “Para mim o cineclube é um projeto muito interessante e importante para o curso de comunicação, porque exibe produções audiovisuais tanto recentes como antigas para trazer assuntos que de alguma forma nos ajudará no nosso desempenho escolar e na nossa formação”.

 

SERVIÇO

Projeto de Extensão do Cineclube 2019/1

Data: 22 de março de 2019

8h – Auditório Bueno da Faculdade Araguaia

18h30 – Auditório do Colégio Téo

Entrada franca

 

FICHA TÉCNICA

Título original: Tiempo compartido
Gênero: Comédia
Ano: 2018
Classificação indicativa: +12
Duração: 136 min
País: México
Direção: Sebastián Hofmann

Sinopse: Pedro está cada vez mais intrigado. Ele acha que os vários contratempos que enfrenta com a família num resort , em férias, fazem parte de um plano sinistro. Será?

Na prática: Oficinas movimentam terceiro dia de atividades

Texto e fotos: Lu Couto e Willian Alves

Edição: Profa. Viviane Maia

 

O terceiro dia da programação da Semana de Integração Acadêmica dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, 20 de março, foi dedicado a realização de oficinas, nos períodos matutino e noturno. Nesta quarta pela manhã, das 8h às 12h,foram realizadas três oficinas, nas salas e laboratórios da unidade Bueno. Elas contaram com a participação de alunos interessados em agregarem mais conhecimentos e melhorarem seus portfólios, para ingressarem futuramente no mercado de trabalho.

A coordenadora dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, professora Viviane Maia, explica porque foram reservados dois dias da programação da Semana de Integração Acadêmica para a realização de oficinas. “Os alunos gostam muito de atividades práticas. Amam colocar a mão na massa. Por isso, dois dias foram dedicados às oficinas, que tratam de temas bem atuais. Nesta manhã, mostramos como o telefone celular é uma ferramenta de trabalho para jornalistas e publicitários”, esclarece.

Os alunos do matutino se dividiram em três oficinas: Um telefone na mão e uma ideia na cabeça: como produzir audiovisual usando o celular, com a professora Verônica Brandão; Mobgrafia – a fotografia mobile. A vida pelas lentes do smartphone,com a professora Karine do Prado; e Como fazer jornalismo usando o celular, com a professora Viviane Maia.

Durante as oficinas, os alunos tiveram a oportunidade de aprender na prática. O pátio, laboratórios e salas de aula ficaram movimentados com a presença dos participantes, que buscavam as melhores fotos, imagens e entrevistas com fontes para poderem colocar em prática as orientações passadas pelas três professoras-oficineiras.

Para a professora Karine do Prado, os alunos estavam empolgados por praticarem com o celular,já que ele é uma ferramenta que quase todos têm, contudo não refletem sobre as inúmeras possibilidades do aparelho. “Essa oficina ampliou os horizontes dos alunos para que eles pudessem perceber que através do smartphone é possível fazer fotos bem parecidas com a profissional”, afirma a docente.

Professora Karine do Prado. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

Para a aluna Gabriela Aziz de Assis, do 2º período de Publicidade e Propaganda, as oficinas agregam no conhecimento sobre o uso do celular para atividades jornalísticas e publicitárias. “Agora que começamos, de fato,a aprender as formas de criação audiovisual,ampliando nossa imaginação e criatividade para produção de bons vídeos profissionais”, comemora.

Aluna Gabriela Aziz de Assis. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

Participante da oficina Como fazer jornalismo usando o celular, a acadêmica do 1º período de Jornalismo Nathália Santos diz que gostou da oficina, pois descobriu que para fazer jornalismo não são necessários muitos equipamentos. “Hoje, pude perceber que posso fazer muito com pouca coisa. Aprender a fazer coisas novas com um simples celular que a gente sempre tem à mão é muito interessante”, relata.

Aluna Nathália Santos. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

Encontro de Egressos: Como obter sucesso no mercado de trabalho

Texto: Ana Claudia Porto e Brenda Bianca

Edição: Profa. Viviane Maia

 

Nesta terça-feira, 19 de março, será realizado o Encontro de Egressos dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faculdade Araguaia, no auditório Bueno, às 8h30 e às 18h30. A atividade compõe a programação da Semana de Integração Acadêmica e Recepção dos Calouros, que prossegue até a próxima sexta-feira e conta com oficinas, aula magna e sessão de cineclube. O objetivo do evento é abrir o oficialmente o semestre e apresentar as principais discussões e atividades que serão realizadas neste semestre nos dois cursos.

O Encontro de Egressos é uma atividade que faz parte da programação acadêmica dos dois cursos e tem por objetivo trazer de volta ao ambiente estudantil profissionais de jornalismo e publicidade que se formaram na Faculdade Araguaia e atuam no mercado de trabalho. O objetivo é que estes profissionais egressos da instituição compartilhem dicas e experiências.

A atividade objetiva mostrar e incentivar os alunos a buscarem mais sobre a sua futura formação, mostrando a eles uma outra visão, o ponto de vista de quem já esteve onde eles se encontram hoje. A expectativa do evento é fazer com que os alunos possam usufruir das dicas de quem já saiu da instituição e se encontra no mercado de trabalho como jornalista.

Estudante do 6º período do curso de Jornalismo, Amanda Oliveira afirma que “o encontro com os ex-alunos ajuda bastante a ter uma noção maior de como é o mercado e as dificuldades que a profissão traz no começo da carreira e como se manter no mercado”.

Jornalista e professora da instituição, Patrícia Drummond destaca que “o evento é importante pois faz o intercâmbio com os alunos que estão cursando e os ex-alunos profissionais que hoje estão no mercado. Os profissionais de sucesso servem como inspiração para os alunos quebrando o paradigma que só a universidade pública forma bons profissionais”.

SERVIÇO

Semana de Integração Acadêmica e Recepção de Calouros
Encontro de Egressos

Data: 19 de março
Horário: às 8h30 (matutino) e às 18h30 (noturno)
Local: Auditório da unidade Bueno (Av. T-10, 1047 – Setor Bueno, Goiânia – GO)
Entrada gratuita

ECONOMIA COMPARTILHADA É TEMA DE EVENTO

Texto: Jonathan Cavalcante e Michel Paiva

Edição: Profa. Viviane Maia

 

Começa nesta segunda-feira, 18 de março, a Semana de Integração Acadêmica dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faculdade Araguaia. A programação – que prossegue até a próxima sexta – será aberta com a aula magna intitulada Economia compartilhada: produção e consumo em Comunicação, das 18h30 às 22h, no auditório da Unidade Bueno.

Neste semestre, a aula inaugural contará com um formato diferente: os dois convidados – Francisco Lima Júnior, analista de Inovação e Competitividade do Sebrae Goiás; e Marcos Alberto Bernardo, co-fundador e sócio do Instituto Parque Tecnológico Gyntec –, além de apresentarem uma análise sobre o cenário atual para os negócios, serão sabatinados pelos professores Altair Tavares, Frederico Carvalho, Márcia Pimenta e Verônica Brandão. A mediação ficará a cargo da professora Viviane Maia, coordenadora dos cursos.

Em um formato diferente, seguindo um modelo “arena”, já conhecido do programa Roda Viva, da TV Cultura, os convidados vão discorrer sobre as possibilidades de negócio na economia digital e comportamentos disruptivos. Quais são as possibilidades de negócios no século XXI? Essa e outras questões serão levantadas.

A professora Márcia Pimenta, que participará da sabatina, destaca que essa discussão é de extrema relevância no âmbito da comunicação, uma vez que trabalhamos com produção e consumo cotidianamente.

“Estamos vivenciando uma mudança de paradigma nas relações de produção e consumo. Tais relações influenciam novos modos de vida, relações, formas de trabalho, etc. A economia compartilhada é uma tendência nessas relações e nos comportamentos de consumo – dividir o uso (ou a aquisição) de produtos e serviços, naquilo que se denomina consumo colaborativo”, esclarece.

A docente explica que há, nesse contexto, o surgimento de inúmeras possibilidades de se empreender e um novo jeito de viver e de consumir. Hoje, é possível compartilhar transportes, rotas, casas, quartos, utensílios os mais diversos, músicas, dentre outros, tendo as tecnologias da informação como facilitadoras.

Ela ainda destaca a relevância do tema no Jornalismo “faz-se necessário refletir sobre os novos modos de se produzir conteúdos jornalísticos, de maneira colaborativa e independente, assim como os novos públicos e suas respectivas participações nessa produção.”

Um dos sabatinadores da aula inaugural, o professor Altair Tavares explica que o tema do semestre é bastante coerente com o cenário que vivemos atualmente, marcado pelos avanços tecnológicos e o desenvolvimento de startups.

“Vamos ter a oportunidade de debater do que já conhecemos, principalmente do projeto do Gyntec, que é um local que tem promovido o desenvolvimento de startups. E desenvolver negócios da economia compartilhada, pode ser uma grande oportunidade para os nossos futuros profissionais da área da comunicação e da tecnologia. Portanto, a escolha muito atual, espero que o debate realmente possa ser um alavancador de boas ideias e principalmente com a contribuição dos nossos palestrantes.”

Entenda o que é economia compartilhada

O tema Economia compartilhada: produção e consumo em comunicação é um assunto relevante e que envolve a mudança de comportamento social e de consumo. A economia compartilhada é uma nova tendência de hábitos de consumo, onde a divisão do uso ou compra de serviços e produtos acontecem de forma colaborativa.

Ela permite que as pessoas mantenham o mesmo estilo de vida, sem precisar adquirir mais, o que impacta positivamente não só no bolso, mas também na sustentabilidade do planeta. Além dos já conhecidos Uber, Airbnb, Prime Fraction Club e Tripda, conheça também algumas startups brasileiras do nicho: Tem Açúcar?; SmartBeach; Bliive; Vivências; Happymoment; Kiiin; Serviçaria; ezPark; Dog Hero; Quintal de Trocas e My Open Closet.

SERVIÇO

Aula Magna – Semana de Integração Acadêmica

Data: 18/03 (segunda-feira)
Horário: 18h30 às 22h
Local: Auditório da Faculdade Araguaia – Unidade Bueno
Entrada gratuita

Cursos de Jornalismo e Publicidade realizam Semana de Integração Acadêmica 2019/1

Texto: Vinicius Martins

Edição: Profa. Viviane Maia

 

Com o intuito de recepcionar os alunos recém-chegados, promover uma integração entre veteranos e calouros e apresentar a pauta norteadora do semestre, a coordenação dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faculdade Araguaia realiza a Semana de Integração Acadêmica 2019/1, de 18 a 22 de março, das 8h às 12h e das 18h30 às 22h, na unidade Bueno. A programação é variada e contará com aula magna, encontro de egressos, oficinas e sessão de cinema.

A programação será aberta com a aula magna, que será realizada em um formato especial: os convidados Francisco Lima Júnior, analista de Inovação de Competitividade do Sebrae/GO; e Marcos Alberto Bernardo de Campos, co-fundador e sócio do Instituto e Parque Tecnológico Gyntec serão sabatinados pelos professores Altair Tavares, Frederico Carvalho, Márcia Pimenta e Verônica Brandão. A mediação ficará a cargo da coordenadora dos cursos, professora Viviane Maia.

A terça-feira será reservada para o Encontro de Egressos, que será realizado em duas edições: uma no matutino e outra no noturno. O objetivo da atividade é reunir ex-alunos dos cursos de Jornalismo e Publicidade, que vão compartilhar suas experiências no mercado de trabalho com os atuais alunos.

A quarta e a quinta ficarão reservadas para oficinas diversas, que serão ministradas pelos professores dos cursos no matutino e no noturno. Já na sexta-feira, a programação será encerrada com sessões do cineclube nos dois turnos. O filme escolhido é Tempo Compartilhado, que será comentado pelos professores Gustavo Ponciano, Roberta Barros e Verônica Brandão.

 

PROGRAMAÇÃO

 

18 de março – Segunda-feira

18h30 às 22h – Aula Magna

Tema: Economia compartilhada: produção e consumo em comunicação

Convidados: Francisco Lima Júnior – Analista de Inovação de Competitividade do Sebrae/GO e Marcos Alberto Bernardo de Campos – co-fundador e sócio do Instituto e Parque Tecnológico Gyntec

Local: Auditório Bueno

 

19 de março – Terça-feira

8h às 10h30

Encontro de Egressos Matutino

Convidados:

Jornalismo: Kariny Bianca, Thaís Dutra e Yago Sales

Publicidade: Danúbia Borges, Jordão Vilela e Synval Jordão

Local: Sala de Atos

 

19 de março – Terça-feira

Encontro de Egressos Noturno

18h30 às 22h

Convidados:
Jornalismo: Alex Rodrigues, Patrícia Piassa e Thaís Dutra

Publicidade: Bruno Aquino, Marcelo Vieira e Wanessa Carneiro

Apresentação do Projeto de Responsabilidade Social Abrace uma Causa.

 

20 de março – Quarta-feira

Oficinas Matutino

8h às 12h

1. Mobgrafia – a fotografia mobile. A vida pelas lentes do smartphone (Karine do Prado)

2. Como fazer jornalismo usando o celular (Viviane Maia)

3. Um telefone na mão e uma ideia na cabeça: como produzir audiovisual usando o celular (Verônica Brandão)

Local: Salas e laboratórios do bloco 1

 

20 de março – Quarta-feira

Oficinas Noturno

18h30 às 22h

1. We love ABNT (José Antônio Cirino)

2. Redação criativa (Sandra Paro)

3. Roteiro e criação em rádio (Gildésio Bomfim)

4. Roteiro e criação em vídeo – Parte 1 (Verônica Brandão)

5. Texto opinativo em jornalismo: resenha e artigo de opinião (Patrícia Drummond)

6. Rotina na agência de publicidade (Cláudia Temponi)

7. Novas formas de consumo na economia compartilhada – Parte 1 (Márcia Pimenta)

Local: Salas e laboratórios do bloco 1

 

21 de março – Quinta-feira

Oficinas Matutino

8h às 12h

1. Roteiro audiovisual de ficção (Frederico Carvalho)

2. Let´s speak English (Maurício Lopes)

3. Um telefone na mão e uma ideia na cabeça: como produzir audiovisual usando o celular – Turma A (Verônica Brandão)

Local: Salas e laboratórios do bloco 1

 

21 de março – Quinta-feira

Oficinas Noturno

18h30 às 22h

1. Além da selfie – Fotos incríveis usando apenas o celular (Karine do Prado)

2. Julgamentos históricos: entre jornalismo, direito e ira (Roberta Barros)

3. Roteiro e criação em vídeo – Parte 2 (Verônica Brandão)

4. Boas práticas para e-mail marketing (Joseane Ribeiro)

5. Como fazer jornalismo usando o celular (Viviane Maia)

6. Novas formas de consumo na economia compartilhada – Parte 2 (Márcia Pimenta)

7. Edição audiovisual em Adobe Première (Juliana Junqueira) // Laboratório de Informática 2

Local: Salas e laboratórios do bloco 1

 

22 de março – Sexta-feira

8h às 12h

Cineclube – 1ª Sessão Matutino

Filme: Tempo Compartilhado

Local: Auditório Bueno

 

22 de março – Sexta-feira

18h30 às 22h

Cineclube – 1ª Sessão Noturno

Filme: Tempo Compartilhado

Local: Auditório do Colégio Téo

 

SERVIÇO:

Semana de Integração Acadêmica 2019/1

Quando: 18 a 22 de março

Horário: 8h às 12h (matutino) e 18h30 às 22h (noturno)

Onde: Faculdade Araguaia – Unidade Bueno (Av. T-10, 1047 – Setor Bueno, Goiânia – GO)

Entrada franca

Economia compartilhada será o tema do semestre

Texto e Fotos: Lu Couto e Willian Alves

Edição: Profa. Viviane Maia

 

A coordenação dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faculdade Araguaia lançará a pauta norteadora deste semestre – intitulada Economia Compartilhada: Produção e Consumo em Comunicação –, durante a abertura da Semana da Integração Acadêmica dos cursos de Comunicação, nesta segunda-feira, 18 de março, das 18h30 às 22h, no auditório da unidade Bueno. Este evento prossegue até a sexta-feira, 22, e tem por objetivo recepcionar os alunos, promover a integração entre alunos calouros e veteranos e apresentar as principais discussões e atividades que serão realizadas ao longo do semestre.

A escolha pelo tema economia compartilhada tem por objetivo promover uma discussão sobre quais são as novas maneiras de se produzir e consumir comunicação social no contexto da cultura digital e da nova economia. De acordo com a professora Márcia Pimenta, a economia compartilhada vem sendo estabelecida e consolidada nos últimos tempos. “O nosso papel, no processo de ensino e aprendizagem, é o de mostrar aos alunos as novas realidades que se apresentam no mercado. Temos de incentivar os discentes a pensar de maneira mais inovadora as práticas profissionais”, explica.

Professora Márcia Pimenta. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

Segundo a coordenadora dos cursos de Comunicação Social, professora Viviane Maia, a cultura digital trouxe mudanças na forma de produzir e consumir informação e por consequência, mudanças na forma de fazer jornalismo e publicidade e propaganda. “O objetivo é levantar junto a comunidade acadêmica uma discussão sobre quais caminhos a comunicação social deve seguir nesse século XXI, a partir da ideia de economia compartilhada”.

Professora Viviane Maia. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

A escolha desta pauta parece ter agradado também os estudantes. “Os temas das pautas norteadoras trazem sempre assuntos bem atuais e ajudam os alunos a pensarem e refletirem de forma diferente. O tema que iremos discutir nesse semestre, com certeza, irá ajudar em nossas carreiras, independente da área de atuação dentro da comunicação”, afirma o aluno do curso de Publicidade e Propaganda Diogo Teixeira.

Aluno do curso de Publicidade e Propaganda Diogo Teixeira. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

A estudante de Jornalismo Maria Augusta do Planalto também reconhece a importância de se discutir esta pauta. Ela lembra que o jornalismo também tem de se adequar a essa nova economia. “Acho relevante a nossa Instituição abordar esse tema porque, hoje em dia, tudo pode virar negócio. O jornalismo também é um negócio”, expressa.

A estudante de Jornalismo Maria Augusta do Planalto. Foto: Lu Couto e Willian Alves.

SERVIÇO

Lançamento da Pauta Norteadora do Semestre 2019/1:
Economia Compartilhada – Produção e Consumo em Comunicação

Data: segunda-feira, 18 de março de 2019
Horário: às 18h30
Local: Auditório Bueno da Faculdade Araguaia