Construindo profissionais: CAU/GO promoveu Aula Magna sobre planejamento urbano

O evento foi acompanhado pelo Youtube do Conselho por mais de 500 alunos e profissionais da Arquitetura e Urbanismo

Redação: Leonardo Belloni

Edição: Ana Maria Morais

“Dentro desse processo de releitura da nossa própria formação, sobretudo no momento em que estamos vivendo uma crise sanitária, precisamos avançar em relação à maneira de perceber a cidade, o locus urbano, a partir da compreensão de seus aspectos sociais econômicos, culturais, ambientais”,  afirmou, emocionado, o arquiteto e urbanista Humberto Kzure-Cerquera, na 16ª edição da Aula Magna do CAU/GO, realizada no último dia 24. Com o tema “Planejamento Urbano”, o evento foi amplamente divulgado pela Coordenação de arquitetura e urbanismo da Universidade Araguaia.

Acompanhado por mais de 500 pessoas, Humberto destacou a vasta produção brasileira em relação ao planejamento urbano. Pelo Youtube, estudantes, profissionais e curiosos puderam conhecer e aprender sobre a situação atual do país em relação ao tema, onde, segundo o arquiteto, “ainda estamos tateando a construção de mecanismos eficazes para que o planejamento, de fato, seja algo presente no cotidiano”.

Humberto Kzure, mestre em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR/UFRJ e doutor em Urbanismo pela FAU/UFRJ, guiou sua aula com muita emoção, contextualizando a arquitetura junto ao período pandêmico que vivemos. “Hoje, nós vivemos a cidade como espetáculo, marcada por um consumismo exacerbado, cada vez mais desconectada das relações humanas naquilo que considero como o bem viver, através da proporção dos espaços do afeto e da inclusão social.” A Coordenação de Arquitetura e Urbanismo da Uni-Araguaia ressalta a fala de Humberto em relação à sensibilidade do arquiteto. “É importante mostrar para os jovens arquitetos que a urbanização das favelas também é um campo de trabalho importante, [..] É momento de cuidar, de perceber que temos uma função social como urbanistas. Enquanto Coordenação, estamos procurando não apenas formar profissionais, mas sim, transformadores.”

Imagem

Ana Maria - UniAraguaia

Read Previous

Uma semana com muitos conceitos

Read Next

Curso de Pedagogia da UniAraguaia realiza solenidade de formatura de discentes do Estado de Alagoas