Iris: “O novo não é idade, é visão!”

Secretário de comunicação da prefeitura Goiânia fala sobre Iris, Caiado, política goiana e experiências pessoais.


Texto: Eduardo Melo, Camila Alves e Tiago Teixeira ; Edição: Marjorie Seckler, Charles Teixeira e Gabriel Vieira


Quanto ao prefeito de Goiânia, o secretário revela que é impressionado com a disposição dele aos 85 anos e perguntado sobre a campanha de Iris Rezende, Vassil diz: “A vitória dele foi fantástica e representativa. Ver o processo de decisão e lucidez dele, sou orgulhoso”

“Orgulho de ter participado da campanha do Caiado e da administração do Iris” o secretário revela que os dois têm posições distintas mas se respeitam muito, e confirma “A relação entre governo e prefeitura é muito harmônica… coisa que há muitos anos não existe aqui”. Perguntado sobre a possível candidatura de Iris, Vassil diz “O grande desafio e projeto dele é de concluir todas as obras que iniciou”, a resposta deixa no ar que o prefeito ainda não se decidiu, e que o foco é a atual administração.

Os alunos de jornalismo da faculdade Araguaia fizeram uma entrevista coletiva com o secretário, onde questionaram sobre suas experiências, política do estado e personalidades próximas do entrevistado.

Orgulho da profissão e apaixonado pelo impresso

Com quase 30 anos de experiência na profissão Vassil Oliveira destaca que passou pelo período de transformação tecnológica e da mídia, “Eu vivi o processo que saiu da máquina de escrever…, eu tinha disquete e hoje nem pendrive se tem mais, guarda-se tudo na nuvem. ” Formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG) em 1992, Vassil Oliveira é jornalista e foi editor de política de O Popular e diretor de redação da Tribuna do Planalto, presidente da Agência Brasil Central (ABC), além de coordenar campanhas políticas desde 1994 quando trabalhou com a ex-senadora Lúcia Vânia.

Sobre os meios de comunicação o secretário ressalta: “Eu sou da escrita e do impresso, não me sinto bem fazendo televisão… amo o rádio e política, as pessoas me conheciam pela voz” na entrevista ele revela ser tímido e as vezes “antissocial” mas que quando é para trabalhar deixa de lado a timidez e busca sempre melhorar seus textos, em novembro de 2006 Vassil publicou um livro sobre a cobertura da campanha política do mesmo ano, onde expõe o dia a dia da campanha, a relação com o jornalismo e os prognósticos errados daquele ano.

Com a ajuda da internet a prefeitura implantou um site de serviços que atendam a população, Vassil diz ainda que será lançado um aplicativo da prefeitura para IOS e Android, que funciona 24 h oferecendo serviços como: enviar foto de buraco na rua, reportar uma luz queimada e adianta que a prefeitura terá um prazo para resolução do problema. “Com esse contato direto a prefeitura poderá identificar as regiões com maiores problemas na infraestrutura”.

Sobre a profissão, o entrevistado revela “Orgulho de ser jornalista, nunca me vi fazendo outra coisa”, o secretário ainda foi questionado sobre os futuros jornalistas, o que ele espera dessa gente nova que vem por aí “Espero que vocês melhorem no texto…aprender nas redações com os mais velhos e respeitar o caminho que essas pessoas trilharam para conseguir um espaço”.

Redação Araguaia Online

Read Previous

Tradição: Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis

Read Next

”No fim é um jogo de versões. E a equipe de Bolsonaro desde a eleição, tem se saído melhor em vender a sua”