Graduandos do curso de Engenharia Civil da Faculdade Araguaia realizam arrecadação de tampinhas, para projeto Tampa Mania, na unidade Bueno

Rotary Club com participação de alunos e comunidade em 8 anos arrecada 92 toneladas de tampinhas proporcionando doação de 350 cadeiras de rodas a comunidade

Texto: Bruno Machado
Edição: Vinícius Marques

A faculdade Araguaia realiza ação de recolhimento de tampinhas para projeto Tampa Mania criado pelo presidente do Rotary Club União Campineira, Ademir Silva, o projeto tem o objetivo de transformar tampinhas em acessibilidade para pessoas carentes portadoras de necessidades especiais e mobilidade reduzida, ação social que disponibiliza doações de cadeiras de rodas e muletas a pessoas cadastradas no projeto.

 A partir do primeiro semestre 2019/1 a Faculdade Araguaia com a coordenação da professora Cristina Matos, coordenadora do curso de Engenharia Civil, começou a participar do projeto social recolhendo tampinhas, contando com a contribuição de seus alunos. A coleta do material é feita sempre que a demanda torne necessária, com destino certo, Rotary Clube.

A coordenadora do curso de Engenharia da Faculdade Araguaia, Cristina, explica que todo semestre o curso de engenharia trabalha com um projeto de responsabilidade social. Uma iniciativa em acordo com as normas do MEC (Ministério da Educação). Para mobilizar seus alunos na tarefa de juntar 300 tampinhas a coordenação do curso registra 15h de atividades extracurriculares. 

A ação que teve seu início em 2011 já conseguiu recolher 117 milhões de tampinhas, dando a oportunidade de acessibilidade a 350 pessoas que necessitam de cadeiras de rodas e utensílios para se locomover.

O presidente, Ademir Silva, fala da importância dos quatro pilares do projeto

É importante poder contar com um projeto que direciona seus objetivos a uma causa nobre, que é defender o meio ambiente, com a retirada de um material que leva de 200 a 250 anos para se decompor. O presidente também conta que trabalhar uma atividade educacional a partir do processo de reciclagem é fundamental para mudar essa cultura de descarte de lixo reciclável. Portanto reconhecer que essas tampinhas lançadas ao meio ambiente existe a probabilidade de ocorrer umidade e acumular água é muito significativa, então retiramos esse risco eliminando a possibilidade de proliferação da dengue. E por último o quarto pilar do projeto um trabalho social que transforma um material descartável em cadeiras de rodas para doação direcionada as comunidades carentes.

A comunidade em geral participa do projeto podendo fazer seu cadastro no site Tampa Mania para poder participar da triagem que é realizada com a visita de seus colaboradores do Rotary Clube para analisar se realmente aquela pessoa precisa ou não de uma cadeira de rodas. 

Os pontos de coleta estão disponíveis em Goiânia nas unidades do Rotary Clube e Faculdade Araguaia unidades Bueno e Centro. 

Araguaia Online - Equipe

Read Previous

O racismo ainda existe

Read Next

Flamengo Goleia Ceará e bate recorde de vitórias na entrega da taça do brasileirão