UniAraguaia lança Observatório dos Direitos das Mulheres

Programa tem o objetivo de debater relações de gênero por meio de grupos de estudo, palestras, filmes e atendimentos jurídicos

Texto: Maria Augusta do Planalto e Souza

O Centro Universitário Araguaia realizará, nesta sexta-feira, 25 de setembro, às 17h, o lançamento oficial do Observatório dos Direitos das Mulheres. A atividade será on-line pelo canal da Uniaraguaia no YouTube (https://www.youtube.com/user/faraoficial).

O Observatório dos Direitos das Mulheres é um núcleo de pesquisa e extensão, vinculado ao curso de Direito da Uniaraguaia. Segundo a coordenadora Adjunta do curso, Ivna Lauria, o objetivo do programa é promover o fortalecimento das mulheres na garantia da efetividade de seus direitos.

“Nós queremos incentivar os graduandos e pós-graduandos nas realizações de pesquisas e extensão nesta área. Também vamos promover publicações de artigos em revistas acadêmicas como forma de divulgação, além de gerar debates sobre relações de gênero por meio de atividades interdisciplinares”, explicou.

A previsão é que, em 2021, o Observatório faça também atendimentos jurídicos gratuitos para mulheres em situação de vulnerabilidade, em Goiânia. A assistência será desenvolvida junto com os estudantes do curso de Direito.

“É importante frisar que vamos abranger todas as mulheres e aquelas que se identificam como mulheres. Também queremos alcançar as mulheres rurais e quilombolas. Por isso a nossa mesa de lançamento será composta, praticamente, por mulheres”, ressaltou Ivna Lauria.  

A cerimônia de lançamento do programa contará com representantes de diversas instituições locais, nacionais e internacionais, como o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Womens Center Harvard College, o Lobby Europeu das Mulheres, o African Women’s Research Observatory, a Organização Internacional do Trabalho no Brasil, a Associação Nacional das Universidades Particulares e o Conselho Estadual da Mulher de Goiás.

Araguaia Online - Equipe

Read Previous

Outubro Rosa: um mês para relembrar a necessidade da conscientização sobre o câncer de mama

Read Next

UniAraguaia oferece curso de extensão gratuito em Tecnologia e Metodologias Ativas